???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1792
Tipo do documento: Tese
Título: O projeto educacional presbiteriano em São Paulo: uma análise sócio-histórica da Escola Americana no período de 1870 a 1912
Autor: Santos, Edwiges Rosa dos 
Primeiro orientador: Usarski, Frank
Resumo: Este trabalho tem como objeto a Escola Americana, fundada na segunda metade do século XIX, em São Paulo, por missionários presbiterianos norte-americanos. A análise é baseada na hipótese de que havia duas motivações que estimularam o projeto educativo em pauta. Em primeiro lugar, uma vez que o protestantismo considera o indivíduo como receptor direto da Palavra divina, um sistema de educação organizado de forma adequado, cumpre uma importante função religiosa. Em segundo lugar, a Escola Americana desempenhou um papel fundamental como meio de estratégia de enraizamento de uma minoria religiosa em um país predominantemente católico - uma estratégia que deu certo pelo fato da Escola Americana se apresentar como uma alternativa ao modelo educacional deficitário do período. Em função da plausibilidade das duas hipóteses o trabalho analisa as contribuições do protestantismo presbiteriano para o campo educacional brasileiro em geral e particularmente para as contribuições da Escola Americana. Especificamente em relação à segunda hipótese inspirada na Teoria da Escolha Racional representada por Rodney Stark e colaboradores, enfatiza o inerente potencial estratégico da Escola Americana, no contexto do esforço global para estabelecer o presbiterianismo no Brasil. Visto por este prisma, não é uma surpresa que a Escola Americana fosse um projeto altamente polêmico capaz de causar conflitos tanto no interior dos círculos presbiterianos brasileiros, que apoiavam diferentes abordagens para a educação, como na Igreja Católica, cuja posição de monopólio foi contestada pelas atividades de uma minoria religiosa e pela atividade da Escola Americana, o projeto educacional mais ambicioso dos pioneiros do presbiterianismo brasileiro
Abstract: This thesis deals with the American School (Escola Americana) founded in the second half of the 19th century in the city of Sao Paulo by north-American Presbyterian missionaries. The analysis is based on the hypothesis that there were two motives that stimulated the educational project in question. Firstly, since Protestantism defines the individual believer as the direct receptor of the divine massage, any education organized in a proper manner fulfills an important religious function. Secondly, the American School played a vital role as a means of enrooting Presbyterianism, at that time a recently arrived religious minority, in a predominant Catholic country - a strategy that worked out due to fact that the American School presented itself successfully as an alternative to the precarious educational system characteristic for the relevant historical period. As far as the first perspective is concerned, the thesis resumes both the general impact of Presbyterianism upon the field of education in Brazil and the corresponding contributions of the American School in particular. The further analysis is inspired by Rodney Stark s sociological reformulation of the Rational Choice Theory and emphasizes the strategic potential inherent in the American School in the context of the overall effort to establish Presbyterianism in Brazil. Seen in this light, it is not a surprise that the American School was a highly polemical project capable of causing conflicts both within Brazilian Presbyterian circles, that disputed over different approaches to education, and with the Catholic Church, whose monopoly position was challenged by the activities of a well prepared religious minority and by the American School, the most ambitioned educational project of the pioneers of Brazilian Presbyterianism
Palavras-chave: Escola Americana
Educação
Protestantismo
Presbiterianismo
Igreja Católica
American School
Education
Protestantism
Presbyterianism
Catholic Church
Instituto de Sao Paulo (Escola Americana) -- Historia
Instituto Presbiteriano Mackenzie -- Historia
Presbiterianismo -- Brasil
Protestantismo -- Brasil
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências da Religião
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Santos, Edwiges Rosa dos. O projeto educacional presbiteriano em São Paulo: uma análise sócio-histórica da Escola Americana no período de 1870 a 1912. 2010. 229 f. Tese (Doutorado em Ciências da Religião) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1792
Data de defesa: 28-May-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Edwiges Rosa dos Santos.pdf3,24 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.