???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1815
Tipo do documento: Tese
Título: Intervenção psicológica com mandalas: técnica do desenho de mandala em um grupo de crianças de 8 a 12 anos, vítimas de abandono, moradoras em casa de abrigo
Autor: Dibo, Monalisa 
Primeiro orientador: Ramos, Denise Gimenez
Resumo: A mandala, como símbolo religioso, tem o objetivo de promover, através de uma atitude religiosa, o encontro da consciência com o Self. Este trabalho faz uso de um instrumento religioso para beneficiar a saúde mental de algumas crianças. O objetivo desta tese é estudar os efeitos da técnica do desenho da mandala em crianças de 8 a 12 anos, vítimas de abandono, moradoras em casas abrigo. Os efeitos aqui estudados referem-se ao stress, à ansiedade e à preocupação, ao humor depressivo, ao interesse pelas atividades sociais e escolares e à fadiga cognitiva e física. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e quantitativa, que privilegia os significados e os processos mensurados em termos de quantidade e de freqüência. Os instrumentos utilizados foram: teste CAD Clinical Assessment of Depression; teste ESI Escala Stress Infantil; questionário para equipe técnica; desenho impresso de mandalas religiosas; desenho impresso de figuras para colorir; e desenho impresso de um círculo. A amostra foi de 34 crianças, sendo 12 do sexo masculino e 22 do sexo feminino. Todas as crianças estavam abrigadas na Associação dos Amigos do Menor pelo Esporte Maior (AMEM) na cidade de São Paulo no momento da pesquisa. Essas crianças encontram-se matriculadas no ensino fundamental da 2ª à 6ª série que corresponde ao 3º ano e ao 7º ano de 2009. As crianças foram divididas em dois grupos: grupo controle (realização de pintura de desenhos impressos) e grupo experimental (realização de pintura de mandalas). Ambos eram formados por 17 crianças. Os dados obtidos confirmam a hipótese, isto é, o desenho da mandala proporciona uma mudança no comportamento nas crianças, promovendo melhoras significativas no quadro de stress infantil, de depressão, de ansiedade e de preocupação, nos interesses sociais e escolares e na atitude cognitiva e física. Portanto, podemos dizer que a técnica do desenho da mandala foi uma atividade enriquecedora e eficiente para a vida psíquica destas crianças. Ela proporcionou acesso ao mundo lúdico criativo da criança, promoveu um meio de autodescoberta e um avivamento da capacidade criativa, possibilitou um relacionamento mais equilibrado entre ego-Self, gerou tranqüilidade e bem-estar, diminuiu o stress e a depressão, o que acarretou momentos de transformação emocional, de contato interior, de ordem, de centramento e de harmonia, o que implica em uma maior integração. Esta tese demonstrou que um instrumento religioso, desenvolvido por culturas milenares com objetivo de proporcionar uma ligação do indivíduo com seu centro e com Deus, pode ser aplicado em um grupo de crianças, gerando essa ligação. Tal constatação pode ser percebida através da sensação de bem-estar e de tranqüilidade observados nos testes e relatados pelas crianças
Abstract: The mandala, as a religious symbol, has the objective of enhancing the encounter of the conscience with the Self, through a religious posture. This paper uses a religious instrument to benefit the mental health of some children. The goal of this thesis is to study the effects of mandala drawings in children between the ages of 8 and 12, victimized by abandonment, living in shelters. The effects studied here refer to stress, anxiety and worrying, depressive moods, interest in social and school activities and cognitive and physical fatigue. It is a qualitative as well as quantitative research that highlights the meanings and the processes measured both in terms of quantity and frequency. The tools utilized were: the CAD Clinical Assessment of Depression; Child Stress Symptoms Inventory (Escala Stress Infantil), questionnaires for the technical staff; printed religious mandalas; printed coloring drawings; and printed drawings of a circle. The sample included 34 children, 12 males and 22 females. All children were sheltered at Associação dos Amigos do Menor pelo Esporte Maior (AMEM) in São Paulo at the time of the research. These children were enrolled in the elementary school from 2nd to 6ª grade, corresponding to the third and seventh grade in 2009. The children were divided into two groups: a control group (doing coloring of printed drawings) and experimental group (doing mandala painting). Each group comprised 17 children. The data obtained confirmed the hypothesis, i.e. the mandala drawings induced changes in the children s behavior, promoting meaningful improvements regarding children stress, depression, anxiety and worrying, in their school and social interests as well as in their cognitive and physical behavior. Hence, we could say that the mandala drawing technique was an enriching and efficient activity for the psychic life of these children. It allowed access to the creative ludic world of the children, encouraged a way of self-discovery and enlivenment of their creative ability, enabled a more balanced relationship between self and ego, generated serenity and well-being, lessened stress and depression, which resulted in moments of emotional transformation, inner contact, order, stabilization and harmony, therefore allowing better integration. This thesis demonstrates that a religious tool, developed by millennial cultures, aiming the connection of the individual with their center and with God, can be applied to a group of children, generating that connection. This confirmation could be observed from the tests and as narrated by the children
Palavras-chave: Mandala
Intervenção psicológica
Stress e depressão infantil
Crianças vítimas de abandono
Psicologia analítica
Religião
Psychological intervention
Child stress and depression
Children victimized by abandonment
Analytical psychology
Religion
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências da Religião
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1815
Data de defesa: 27-May-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monalisa Dibo.pdf8,38 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.