???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1848
Tipo do documento: Dissertação
Título: Rumi : um itinerário de desenvolvimento espiritual rumo ao amor divino
Autor: Cardoso, Wanessa
Primeiro orientador: Ponde, Luiz Felipe
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo o conhecimento do desenvolvimento espiritual na obra do místico sufi Djalâl-od-Din Rûmi, conhecido como Mawlana, que significa Nosso Mestre . Nascido em 1207 na província de Balkh, berço da civilização persa, Rumi produziu várias obras de caráter místico, sendo a mais famosa o Masnavi, um conjunto fértil de poesias místicas e de tratados teológico-filosóficos. Uma obra monumental, dividida em seis livros, contendo cinquenta e um mil versos. Conhecido como Alcorão persa é uma das obras que utilizamos nesta pesquisa, como também o livro Fihi ma fihi, que é um livro do interior e de ensinamentos espirituais, que é o nosso foco na pesquisa. Temos como problema de pesquisa entender qual o significado de se pensar com o coração, já que ele é o único lugar de conhecimento espiritual, conforme colocado pelo próprio Rumi. Pesquisamos um tema insistente em toda obra deste místico, através da pesquisa bibliográfica. Compreendemos o que esse Místico do Amor ensinou como desenvolvimento espiritual, afirmando que ele só pode acontecer através do alargamento do coração espiritual, local de comunicação com Deus. Também abordamos aspectos da filosofia da Religião e das categorias do sufismo, partindo de uma abertura histórica para ambientar os leitores, já que estamos na base do islamismo e da Idade Média, para, posteriormente, seguirmos rumo à gnose de Rumi propriamente. Pudemos concluir que Rumi, em toda sua vida e obra, insiste no caráter de uma religião viva , ou seja, de uma religião que aponte para um caminho de desenvolvimento das potencialidades humanas, causado por uma profunda transformação, insistindo que não aprendemos através da razão, mas mediante um órgão místico, que é o coração. Além disso, podemos afirmar que, segundo Rumi, necessitamos de um caminho e de um mestre, que sustente todas as transformações, já que é um caminho que pressupõe uma morte, não física, mas do pequeno eu, algo muito difícil e doloroso para o ser humano. Ainda é possível dizer que Rumi amplia o desenvolvimento espiritual, para que ele seja prioritariamente experiencial, insistindo que a humanidade nasceu apenas para se lembrar de sua fonte e de sua nascente, que é Deus
Abstract: This research aims at the knowledge of the spiritual development in the work of the Sufi mystic Djalal-od-Din Rumi, known as Mawlana, meaning Our Master . Born in 1207 in the Balkh province, the cradle of Persian civilization, Rumi produced several works of a mystical character, the most famous being the Masnavi, a collection of poems bearing the mystical as well as theological and philosophical treatises. A monumental work, divided into six books, containing fifty-one thousand verses. Known as the Persian Quran it was one of the works that we used in this research, as well as the book Fihi ma Fihi, which is about the inner life and spiritual teachings, which is the focus of this research. The main objective of the research is to understand the meaning of thinking with the heart, since it is the only place of spiritual knowledge, as posted by Rumi. We researched this recurring theme throughout his mystical work in the bibliographical literature. We understand what this Mystic of Love taught as being spiritual development, when he says that is can only happen by opening the spiritual heart, a place of communication with God. We also covered aspects of the philosophy of religions and the categories of Sufism, from a historical point of view as a setting for the readers, as we are at the base of Islam and the Middle Ages, and from there to the Rumi gnosis itself. We concluded that Rumi, throughout his life and work, emphasizes the character of a living religion , i.e., a religion that points to a path of development of the human potential, caused by a deep transformation, insisting that we don t learn through reason, but through a mystical body, which is the heart. Moreover, we can say that, according to Rumi, we need a path and a teacher to support all the changes, since it is a path that involves a sort of death, not a physical one, but from the little self, something very difficult and painful for the human being. You could still say that Rumi extends the spiritual development so that it is primarily experiential, insisting that humanity was born only to remember its source and its birthplace, which is God
Palavras-chave: Rumi
Gnose
Amor
Coração
Gnosis
Love
Heart
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências da Religião
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Cardoso, Wanessa. Rumi : um itinerário de desenvolvimento espiritual rumo ao amor divino. 2012. 118 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1848
Data de defesa: 10-May-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Wanessa Cardoso.pdf882,57 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.