???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18791
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCosta, Nayara Thais de Oliveira-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4464143P5por
dc.contributor.advisor1Santos, Teresa Maria Momensohn dos-
dc.date.accessioned2016-08-05T12:13:18Z-
dc.date.issued2016-03-16-
dc.identifier.citationCosta, Nayara Thais de Oliveira. Audibilidade para fala e reconhecimento de fala em crianças com deficiência auditiva. 2016. 118 f. Tese (Doutorado em Fonoaudiologia) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/18791-
dc.description.resumoObjetivo: O objetivo geral desta pesquisa foi estabelecer a relação entre audibilidade para sons de fala e reconhecimento de fala em crianças com deficiência auditiva neurossensorial usuárias de Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI). Método: Participaram deste estudo 40 crianças com perda auditiva de grau moderado a severo, de ambos os sexos e idade cronológica entre cinco e 12 anos. Inicialmente, foram pesquisados os fatores que poderiam influenciar o desempenho dos sujeitos analisados em teste de reconhecimento de fala, sendo investigados: audibilidade para fala, a partir de valores de Índice de Inteligibilidade de Fala - mais comumente denominado de SII; idade cronológica; características audiométricas; informações relacionadas à reabilitação auditiva; meio de comunicação e material de teste. Por último, grupos formados por crianças que possuíam valores de SII similares foram comparados buscando-se identificar as características individuais de cada grupo e os aspectos capazes de distinguir um grupo do outro, sendo pesquisadas como variáveis: as características audiológicas, de uso de AASI (tempo de privação sensorial e média de horas de uso por dia) e desempenho de reconhecimento de palavra e consoantes. Resultados: A análise mostrou que valores de SII tiveram relação fraca a moderada com resultados de reconhecimento de fala. Em relação às demais variáveis relacionadas à criança, foram identificadas que somente os limiares audiométricos também tiveram relação com o comportamento das crianças no teste, porém essa relação foi sempre fraca. Quanto ao material de fala, foram identificadas diferenças estatísticas entre os desempenhos, sendo melhores para palavras com maior conteúdo linguístico. Por último, foi observado que crianças pertencentes ao grupo com melhor audibilidade - GrSII-1, possuíam melhor desempenho em teste de reconhecimento de fala, porém, com resultados mais heterogêneos entre seus membros, se comparado ao grupo com menor audibilidade - GrSII-2. O desempenho de reconhecimento do GrSII-1 se mostrou mais suscetível à influencia de outros fatores, como o tempo de privação sensorial, já os resultados do grupo com menor audibilidade se mostrou mais influenciado por suas limitações audiométricas, sendo que crianças desse grupo tiveram mais erros do que do primeiro grupo, e esses erros foram principalmente para segmentos de fala com baixa energia acústica. Conclusão: A audibilidade para fala, mensurada a partir de valores de SII, tem relação com desempenhos de crianças com deficiência auditiva neurossensorial usuárias de AASI em teste de reconhecimento de fala. No entanto, deve-se levar em consideração que, apesar dessa relação existir, o SII representa apenas que o sinal de fala está acessível e útil por meio do AASI, sendo incapaz de expressar fatores adversos que podem ter influencia sobre o desempenho das crianças, como a privação de estimulação auditiva adequada ou característica do material de testepor
dc.description.abstractPurpose: The main purpose of this study was to establish he relation between audibility for speech sounds and speech recognition in children with neurosensory hearing loss using hearing aid. Method: The subjects of this study were 40 children with moderate to severe hearing loss, of both sexes, with chronological age between tive and 12 years. Initially, the factors that may influence the analyzed subjects' performances in speech recognition tests were assessed. The investigated factors were: audibility for speech, according to Speech intelligibility index (SII); chronological age; audiometric characteristics; information regarding audiologic rehabilitation; means of communication and test material. Finally, groups composed by children with similar SII values were compared in order to identify the individual characteristics of each group and the aspects able to distinguish on group from the other. The studied variables were: audiologic and hearing aid use characteristics (time of sensory deprivation and mean hours of daily use) and performance in recognition of words and consonants. Results: The analysis showed that the SII values had a weak to moderate relation with speech recognition results. Regarding the other variables concerning the child, only the audiometric thresholds were also related to the child's behavior on the test, though this relation ,was always weak. There were statistical differences identified in the performances on the speech material, better for words with greater linguistic content. Finally, children in the group with better audibility - GrSII-1 had better performances in the speech recognition test, however, with more heterogeneous results among its members n compared to the group with lower audibility - GrSII-2. GrSII-1's recognition performance was more susceptible to the influence of other factors, such as time of sensory deprivation. The results of the group with lower audibility was more influenced by ifs audiometric limitations since children in this group had more errors than those in the first group, and these errors were mainly for speech segments with low acoustic energy. Conclusion: Audibility for speech, measured based on SII values is related to the performances of neurosensory hearing impaired children using individual hearing aid in speech recognition tests. However, it must be considered that, although this relation exists, SII represents only the speech signal that is accessible and useful through the hearing aid, and is incapable of expressing adverse factors that may influence the performance of children, such as adequate auditory stimulation deprivation or the test's material characteristicpor
dc.description.provenanceSubmitted by Filipe dos Santos (fsantos@pucsp.br) on 2016-08-05T12:13:18Z No. of bitstreams: 1 Nayara Thais de Oliveira Costa.pdf: 1071808 bytes, checksum: f97bb08403576a1534a911329fa2a041 (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-08-05T12:13:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Nayara Thais de Oliveira Costa.pdf: 1071808 bytes, checksum: f97bb08403576a1534a911329fa2a041 (MD5) Previous issue date: 2016-03-16eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpor
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/38065/Nayara%20Thais%20de%20Oliveira%20Costa.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentFaculdade de Ciências Humanas e da Saúdepor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologiapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectDeficiência auditivapor
dc.subjectPercepção da falapor
dc.subjectTranstornos da articulaçãopor
dc.subjectHearing impairmenteng
dc.subjectSpeech perceptioneng
dc.subjectArticulation disorderseng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIApor
dc.titleAudibilidade para fala e reconhecimento de fala em crianças com deficiência auditivapor
dc.title.alternativeAudibility for speech and speech recognition in hearing impaired childreneng
dc.typeTesepor
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nayara Thais de Oliveira Costa.pdf1,05 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.