Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19338
Tipo do documento: Dissertação
Título: A poética do horror em Amândio Sobral
Autor: Stropa, Rogério Vicente 
Primeiro orientador: Navas, Diana
Resumo: Este trabalho tem a finalidade de pesquisar o restrito campo da literatura do terror no Brasil; para isso, analisamos os efeitos de terror presentes em três contos do autor Amândio Sobral: O homem que matou um morto, A estranha cavalgada de Ivan Palinskye A podridão viva, contos esses presentes na obra Contos Exóticos, publicada em 1934. Para a realização de tal intento, a dissertação está dividida em quatro capítulos. No primeiro deles, Conto: um gênero que diz muito em poucas palavras, analisamos as teorias sobre o conto, a fim de apontarmos as principais características desse gênero. Baseamo-nos, aqui, nas considerações feitas por teóricos como Julio Cortázar, Ricardo Piglia e Edgar Allan Poe. No segundo capítulo, Variações da estética do horror, analisamos o gênero fantástico e sua relação com o insólito, o gótico, o terror, o grotesco e o sublime. Para isso, fizemos uso das teorias de Marcelo Briseno Marques de Melo, Maurício Cesar Menon, Wolfgang Kayser, Tzvetan Todorov e Lainister de Oliveira Esteves. O terceiro capítulo, Amândio Sobral: um texto aparentemente fora do contexto, por seu turno, tem a finalidade de apresentar o autor e seu contexto, bem como apontar algumas de suas predecessoras influências literárias no que concerne ao uso do horror e do fantástico na literatura brasileira, recorrendo, neste aspecto, às reflexões de Antônio Candido, Alfredo Bosi, Randal Johnson e Luís Bueno. No último, Suspense, medo e horror: os contos de Amândio Sobral, apresentamos a análise das obras e as estratégias empregadas pelo autor para gerar o efeito de horrore medo em seus contos, utilizando, para isso, das considerações de H.P. Lovecraft, Alcídes Ribeiro, Gaston Bachelard e Benedito Nunes
Abstract: This work aims to find the restricted terror literature field in Brazil; for this, we analyzed the horror effects present in three tales of the author Amândio Sobral: O homem que matou um morto, A estranha cavalgada de Ivan Palinskyand A podridão viva, these stories present in the work Contos Exóticos, published in 1934. For the realization such intent, the dissertation is divided into four chapters. In the first, Tale: a genre that says a lot in a few words, we analyze the theories of the story in order to point out the main characteristics of this genre. We rely here on considerations made by theorists such as Julio Cortazar, Ricardo Piglia and Edgar Allan Poe. In the second chapter, horror aesthetic variations, we analyze the fantastic genre and its relationship with the unusual, gothic, horror, the grotesque and the sublime. For this we use the theories of Marcelo Briseno Marques de Melo, Maurício Cesar Menon, Wolfgang Kayser, Tzvetan Todorov and Lainister de Oliveira Esteves. The third chapter, Amândio Sobral: a seemingly text out of context, in turn, has the purposeof presenting the author and his context and point out some of its predecessors literary influences regarding the use of the horror and the fantastic in literature Brazil, using this aspect, the reflections of Antonio Candido, Alfredo Bosi, Randal Johnsonand Luis Bueno. At last, Suspense, fear and horror: the tales of Amândio Sobral, we present the analysis of the works and the strategies employed by the author to generate the horror effect and fear in his short stories, using, for this, the H.P. Lovecraft considerations, Alcides Ribeiro, Gaston Bachelard and Benedito Nunes
Palavras-chave: Contos
Amândio Sobral
Terror
Tales
Suspense
Fear
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Stropa, Rogério Vicente. A poética do horror em Amândio Sobral. 2016. 119 f. Dissertação (Mestrado em Literatura e Crítica Literária) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19338
Data de defesa: 20-Set-2016
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Rogério Vicente Stropa.pdf1,14 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.