???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1971
Tipo do documento: Tese
Título: A travessia do nada na Filosofia da Religião de Franz Rosenzweig
Autor: Bueno, José Luiz 
Primeiro orientador: Ponde, Luiz Felipe
Resumo: Esta tese estuda o enfrentamento ao relativismo e ao niilismo empreendido pelo filósofo e teólogo judeu alemão Franz Rosenzweig. Para isso, nosso objeto de estudo é a obra de Rosenzweig, particularmente seu livro mais importante, A Estrela da Redenção, juntamente com o texto O Novo Pensamento, escrito posteriormente pelo filósofo para servir como prefácio ao seu livro principal, visando esclarecer seu conteúdo e sua estrutura. Nossa hipótese é de que o pensamento de Rosenzweig se torna apto a enfrentar aqueles desafios na medida em que assimila categorias do pensamento judaico tradicional, que o autor assume a partir de seu retorno ao judaísmo, e as concilia com a filosofia de cunho existencial e pragmático que ele elabora. A forma de produzir este seu sistema de filosofia, que o pensador chama de novo pensamento, é definida por ele mesmo como o seu método judaico. Este método implica adotar um pensamento mergulhado na contingência e na temporalidade, assumindo a insuficiência e não-autonomia ontológica tanto do homem quanto do mundo. Também significa uma atitude existencial que assume que se caminha sempre ao lado de Deus. Implica, ainda, assimilar a linguagem da tradição judaica que será o meio de expressão de seu pensamento. Assim, investigaremos os dois textos principais de Rosenzweig com o auxílio de outros textos importantes, produzidos na forma de artigos e de cartas, nos quais se pode encontrar os elementos constituintes de seu pensamento e que revelam os seus recursos racionais e existenciais para enfrentar o relativismo e o niilismo e para propor sua própria perspectiva para a racionalidade assim como para a existência. A assimilação de categorias judaicas bem como de elementos da filosofia existencial e pragmática permitirão ao autor tornar o nada uma categoria criativa e um ponto de partida de seu sistema de pensamento, jamais um fim ou uma chegada. Estas características conferirão singularidade e potência à obra de Franz Rosenzweig
Abstract: This thesis researches how Franz Rosenzweig, the German Jewish philosopher and theologian, faces the challenges of relativism and nihilism. The works of Rosenzweig are the object of this research, especially his most important book, The Star of Redemption, along with the text named The New Thinking, whose aim was to serve as a preface to the main book and to clarify its meaning and content. Our hypothesis is that Rosenzweig´s philosophy makes itself able to face those challenges only when it assumes some categories from the traditional Jewish thinking when he makes his return to Judaism, and combines it with the existential and pragmatic sort of philosophy that he elaborates. He calls his own way of producing his philosophy as his Jewish method . This method presupposes a kind of thinking completely immersed in contingency and temporality, acknowledging the insufficiency and lack of ontological autonomy to man and also to the world and an existential attitude of walking alongside God. It also implies that one assimilates the language of Jewish tradition which will function as the means of expression of his philosophy. So, we will research Rosenzweig´s two main texts along with some supporting texts, among them some articles as well as some letters, where we can find some clarification about elements that he used to build his system of philosophy which make him able to face relativism and nihilism, and also to come up with his own form of rationality and existential attitudes. The use of traditional Jewish categories of thinking along with elements of existential and pragmatic philosophy will allow him to change the concept of nothing into a creative category and a point of departure to his own thinking. The nothing will never be a halt or an end point. Those characteristics will bestow the singularity and power of Rosenzweig´s work
Palavras-chave: Franz Rosenzweig
Judaísmo
Niilismo
Relativismo
Revelação
Contingência
Judaism
Nihilism
Relativism
Revelation
Contingency
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências da Religião
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Bueno, José Luiz. A travessia do nada na Filosofia da Religião de Franz Rosenzweig. 2016. 237 f. Tese (Doutorado em Ciências da Religião) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1971
Data de defesa: 4-Mar-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jose Luiz Bueno.pdf2,8 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.