???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1979
Tipo do documento: Dissertação
Título: Abra a roda tin dô lê lê: dimensão religiosa nas brincadeiras de roda entre crianças de 4 a 6 anos
Autor: Poyares, Mônica Amaral Melo
Primeiro orientador: Guerriero, Silas
Resumo: Este trabalho teve como objetivo estudar as Brincadeiras de Roda enquanto possibilidade de experiência religiosa dentro do espaço escolar. Sua contribuição está na possibilidade ser uma alternativa de trabalho em Ensino Religioso com crianças em idades de 4 a 6 anos. Para isto, foi feita uma aproximação entre as Danças Circulares Sagradas, estudadas primeiramente por Bernhard Wosien, e as Brincadeiras de Roda tradicionais, levantando aspectos comuns entre as práticas. Em 2004 um grupo de 24 crianças e duas professoras foram observados e a experiência foi gravada em fitas de vídeo cassete. Para a compreensão da linguagem simbólica presente na atividade, os conceitos junguianos de self, ego, inconsciente coletivo e arquétipos foram estudados. Utilizamos os conceitos de Espaço Sagrado, definido pelos adeptos da Nova Era, e de Hierofania, concebido por Mircea Eliade. Tendo em vista que as atividades recebem um tratamento de rito, os conceitos de liminariedade e communitas de Victor Turner foram trazidos para a na ajuda da compreensão dos passos dos rituais e suas conseqüências. Vygotsky contribui com sua visão de mediação e zona de desenvolvimento proximal, para explicar motivo pelo qual as Brincadeiras de Roda são escolhidas para colaborar com o conhecimento do conteúdo do Ensino Religioso. Dentre as possibilidades o recorte feito foi o dos ritos e sua linguagem simbólica. Finalmente fez-se uma leitura de algumas das atividades filmadas à luz do corpo teórico acima citado. Chegou-se à conclusão de que as Brincadeiras de Roda, da forma em que foram tratadas, podem ser um dos instrumentos do professor na construção do conhecimento do Ensino Religioso e que aliado a isto, podem ser promotoras de mudanças na forma de relacionamento das crianças, já que têm aspectos comuns com os ritos de iniciação
Abstract: Our goal was to study the Circle Time games as a religious experience in school. The contribution of this work is the possibility of an alternative practice in Religious Studies with 4-6 years old children. To perform it, we ve made an approximation between Sacred Circular Dances, first studied by Bernhard Wosien, and traditional Circle Time games, selecting the elements common to both practices. In 2004, we observed a group of 24 children and two teachers, and the experience was recorded. To understand activity s symbolic language, we studied Jung s concepts of self, ego, collective unconscious and archetypes. We also used the concepts of Sacred Space, defined by New Age followers and Hierophany, conceived by Mircea Eliade. Because these activities are treated as rites, Victor Turner s concepts of thresholdness and communitas were helpful to understand the rituals´ steps and their consequences. Vygotsky contributed with his vision of mediation and proximal development zone to explain why Circle Time games are chosen to cooperate with the knowledge of the Religious Studies contents. Among the possible subjects, we chose rites and their symbolic language. At last, we interpreted the recorded activities we mentioned before. We concluded that, considering the way they were treated in this work, the Circle Time games can be one more instrument to teach Religious Studies. Besides, they are able to improve children s relationships as they have much in common with the initiation rites
Palavras-chave: Brincadeiras de roda
Ensino religioso
Danças circulares
Rito
Danca -- Aspectos religiosos
Ensino religioso
Dancas folcloricas
Brincadeiras -- Aspectos religiosos
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências da Religião
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Poyares, Mônica Amaral Melo. Abra a roda tin dô lê lê: dimensão religiosa nas brincadeiras de roda entre crianças de 4 a 6 anos. 2006. 152 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1979
Data de defesa: 29-May-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONICA AMARAL MELO POYARES.pdf1,33 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.