???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19918
Tipo do documento: Tese
Título: Características textuais discursivas do gênero reportagem em revistas impressas
Título(s) alternativo(s): Textual discursive characteristics of the genre report in printed magazines
Autor: Saraiva, Adélia da Silva 
Primeiro orientador: Silveira, Regina Celia Pagliuchi da
Resumo: Esta tese está fundamentada em bases teóricas da Análise Crítica do Discurso e suas vertentes (Social, Sócio-Cognitiva e Semiótica Social) e princípios da Linguística Textual Discursiva, em um percurso multidisciplinar, complementada por estudos sobre Multimodalidade e sobre Jornalismo. Tem-se por objetivo geral contribuir com os estudos de gêneros textuais discursivos do discurso jornalístico quanto à caracterização do gênero textual discursivo reportagem de magazine em revistas impressas confrontada com a caracterização do gênero notícia. Os objetivos específicos desenvolvidos foram: a) confrontar os participantes das práticas discursivas de revistas impressas e de jornais impressos paulistanos; b) identificar de que maneira esses gêneros modificam as cognições sociais, ao construírem opiniões para seu público leitor; c) confrontar as categorias semânticas Inusitado e Atualidade da notícia com as da reportagem; d) confrontar as categorias textuais que organizam o gênero reportagem com as do gênero notícia. Esta tese tem por hipótese que o gênero jornalístico reportagem sofreu modificações devido às mudanças sociais decorrentes das altas tecnologias pela velocidade de transmissão das informações já que o acesso à informação foi facilitado. O procedimento metodológico é teórico-analítico, documental, comparativo e qualitativo. O material analisado foi coletado nas Revistas Veja e IstoÉ e nos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo. Os resultados obtidos indicam que a reportagem configura-se como gênero textual discursivo interpretativo-opinativo da área jornalística, classificada como de notícia e temática. Apesar de algumas categorias serem as mesmas nos dois gêneros, a reportagem difere da notícia na organização estrutural do texto reduzido e do expandido
Abstract: This thesis is based on the theoretical principles of Critical Discourse Analysis and its aspects (Social, Socio-Cognitive and Social Semiotics) and principles of Discursive Textual Linguistics, in a multidisciplinary course, complemented by studies on Multimodality and Journalism. This thesis also contributes with the studies of discursive textual genres of the journalistic discourse as to of the textual genre discursive report in printed magazines confronted to the characterization of news in newspapers to the characterization of the news genre. The specific objectives were: a) to confront the participants in the discursive practices of printed magazines and print newspapers in São Paulo; b) to identify how these genres modify social cognitions, by constructing opinions for their readership; b) to confront the semantic categories Unused and Current news of the news with those of the report; d) to confront the textual categories that organize the genre reporting with those of the news genre. This thesis hypothesizes that the journalistic genre reporting has undergone changes due to the social changes resulting from high technologies due to the speed of transmission of information since access to information was facilitated. The methodological procedure is theoretical-analytical, documentary, comparative and qualitative. The analyzed material was collected in the Veja magazine, IstoÉ magazine and in the newspapers Folha de S. Paulo and O Estado de S. Paulo. The results indicate that the report is a textual genre interpretative-optative of the journalistic area, classified as “from news” and “thematic”. Although some categories are the same in the two genres, the report differs from the news in the structural organization of the reduced and expanded text
Palavras-chave: Jornalismo -- Análise do discurso
Gêneros literários
Reportagens e reporteres
Report and news
Interpretive-opinative gender
Journalism
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa
Citação: Saraiva, Adélia da Silva. Características textuais discursivas do gênero reportagem em revistas impressas. 2016. 357 f. Tese (Doutorado em Língua Portuguesa) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19918
Data de defesa: 23-Mar-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adélia da Silva Saraiva.pdf47,23 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.