???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19935
Tipo do documento: Tese
Título: Imagens discursivas de imigrantes e suas implicações no discurso de receptividade do brasileiro na imprensa nacional: uma perspectiva dialógica
Autor: Dugnani, Bruna Lopes Fernandes 
Primeiro orientador: Brait, Elisabeth
Resumo: Nesta tese, tecemos a hipótese de que as formas como as falas dos e sobre os imigrantes são citadas pela mídia impressa brasileira e a relação das afirmações contidas nessas formas de citação com os discursos que participaram e participam da historicização do Brasil revelam que o discurso da receptividade do povo brasileiro engendra e é engendrado pela tensão dialógica entre os variados valores atribuídos aos imigrantes. Dessa forma, objetivamos compreender como as imagens de imigrantes contemporâneos podem ser percebidas na mídia impressa brasileira e como estas impactam a autodescrição do brasileiro enquanto receptivo. Definimos como critérios de seleção do corpus que as matérias jornalísticas: tratassem da imigração contemporânea no Brasil; tivessem sido publicadas pela Folha de S. Paulo, O Globo, Época e Veja no ano de 2012; permitissem a identificação de imagens discursivas de imigrantes; e, apresentassem distintas formas de construir as representações de estrangeiros. Tais critérios foram estabelecidos devido à hipótese desta pesquisa, à abrangência e à influência na formação da opinião pública desses veículos e à coincidência do período de publicação com o início da elaboração de uma política nacional imigratória por uma equipe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República (SAE). Dessa forma, chegamos a 9 matérias jornalísticas. Para atingir o objetivo traçado, apresentamos a perspectiva teórico-metodológica bakhtiniana, considerando os conceitos de identidade e alteridade, e discorremos sobre a concepção de identidade nacional, sobre as relações alteritárias em imigração, as características da esfera jornalística e do gênero reportagem, o conceito de memória do objeto e as variantes do discurso citado. Para nortear o desenvolvimento da pesquisa, formulamos as seguintes questões: 1) como a memória da imigração na imprensa participa da historicização do Brasil?; 2) como a imprensa hoje altera essa memória nas formas empregadas para citar o discurso dos e sobre os imigrantes? e 3) qual o impacto dessa memória e sua alteração para o discurso de receptividade do povo brasileiro? Assim, notamos que as publicações jornalísticas de 1808 a 1939, período de estabelecimento da imprensa brasileira e de maior intensidade de fluxos imigratórios para o Brasil, ao enunciar discursos civilizatórios, antilusitanos, nacionalistas, assimilacionistas, de caldeamento racial e branqueamento populacional, materializaram distintas imagens discursivas de imigrantes, contribuindo tanto para desconstrução do mito de receptividade dos brasileiros quanto para ressoá-lo, mediante o enaltecimento e o ocultamento das violências e preconceitos sofridos pelos estrangeiros, sua particularização enquanto eventos específicos e caracterizações concebidas amplamente pela sociedade da época como negativas para quaisquer pessoas. Observamos ainda que as diferentes formas de citar o discurso sobre e dos imigrantes contemporâneos empregadas pela mídia impressa nacional contemporânea, ao propiciar distintas maneiras de integração do discurso citante no discurso citado, implicaram imagens de imigrantes enquanto adaptado, não adaptado, (in)desejável, sobrecarga ao Estado, contraventor e mercadoria. Essas imagens tanto retransmitiram as concepções do bom migrante internacional, como aquele que é adequado e integrado à sociedade brasileira, mão-de-obra, benéfico à sociedade e à economia, quanto promoveram atualizações, ressignificando a concepção de “adaptado” para globalizado, expandindo a compreensão do bom trabalhador para novas funções necessárias para o país e, diante de novos programas sociais implementados no Brasil, recontextualizando os discursos sobre os custos que os imigrantes podem representar. Essas retransmissões e atualizações demonstraram tensões dialógicas inerentes ao discurso de receptividade do povo brasileiro. Acreditamos que este estudo pode contribuir para a desmitificação do discurso de que o brasileiro é receptivo e para a compreensão das imagens de imigrante no Brasil. Dessa forma, poderá auxiliar no entendimento de uma temática que vem se destacando e exercendo influência na formulação de leis, políticas públicas e nas relações sociais e internacionais brasileiras
Abstract: This doctoral dissertation is based on the hypothesis that the forms for reporting speeches of and about immigrants used by the Brazilian press and the relationship between what is stated in these reported speeches and the discourses that have been part of Brazil’s historicization show that the discourse of Brazilian receptivity has been produced by a dialogic tension among the different values attributed to immigrants. Therefore, we aim to comprehend how the images of contemporary immigrants can be perceived in the Brazilian press and how they impact the Brazilian self-description as a receptive people. We adopted the following criteria for the corpus selection, comprised of journalistic texts: they were about contemporary immigration in Brazil; they were published in 2012 by Folha de S. Paulo, O Globo, Época, and Veja; they allowed the identification of discursive images of immigrants; and they presented different forms to represent foreigners. We established those criteria due to the hypothesis put forward in this dissertation, the media companies’ reach and great influence in forming public opinion, and the coincidence there was between the publication date of those texts and the outset of the preparation of a new national policy on immigration by a team of staff members of SAE [Bureau for Strategic Issues of the President of the Republic]. This way we collected 9 journalistic texts. In order to achieve the objective of this research, we draw on the Bakhtinian theoretical and methodological perspective and, more specifically, on the concepts of identity and alterity. We also discussed national identity, otherness in immigration, peculiarities of the journalistic sphere and the news report genre, the concept of object memory and forms of reported speech. For the purpose of guiding the development of this study, we addressed the following questions: 1) How does immigration memory in the press take part in Brazil’s historicization? How does the contemporary press modify this memory by employing different forms to report speeches of and about immigrants? and, 3) What is the impact of this memory and its modification on the discourse of Brazilian receptivity? As a result, we noticed that the journalistic texts published between the years of 1808 and 1939 (period that includes the Brazilian press establishment and the major migratory flows to Brazil) enunciated discourses related to civilization, anti-Portugueseness, nationalism, assimilationism, miscegenation, and racial whitening. Such discourses produced different discursive images of immigrants, which contributed to deconstruct and resonate the national myth of Brazilian receptivity as they praised their receptivity, omitted the violence and prejudice towards foreigners, singularized the negative events and drew on common sense regarding what was considered undesirable by anyone at the time. We also observed that the different forms used by the Brazilian contemporary press to report the discourses about and of contemporary immigrants fostered different ways to integrate the reported speech into the journalistic texts, thus implicating images of immigrants not only as adapted, non-adapted, (un)desirable people, but also as overload social budgets, lawbreakers and commodities. On the one hand, these discursive images echoed the conceptions of the ideal immigrant as someone who is in accordance and integrated to the Brazilian society, a worker and a person who brings benefits to the Brazilian society and economy. On the other hand, they also produced adjustments to the past discourses as they resignified the concept of “adapted,” changing it to globalized, broadening the understanding of what a good worker is in order to include new positions that are needed in the country and recontextualizing the discourses about the expenses that the immigrants can represent by taking into consideration the new Brazilian social assistance programs. These discourse echoes and actualizations showed the dialogic tensions that are inherent to the discourse of Brazilian receptivity. We believe that this study might contribute to demystify the discourse that Brazilian people are receptive and to understand the images attributed to immigrants in Brazil. Thus, it might provide a better understanding of an issue that has been standing out and influencing the outset of new laws and national policies and the social and international affairs involving Brazil
Palavras-chave: Imigração contemporânea
Receptividade
Mídia impressa brasileira
Contemporary immigration
Receptivity
Brazilian press
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Dugnani, Bruna Lopes Fernandes. Imagens discursivas de imigrantes e suas implicações no discurso de receptividade do brasileiro na imprensa nacional: uma perspectiva dialógica. 2017. 367 f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19935
Data de defesa: 23-Mar-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bruna Lopes Fernandes Dugnani.pdf11,79 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.