???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/2012
Tipo do documento: Tese
Título: Violência Clerical: abuso sexual de mulheres por padres no Brasil
Autor: Jurkewicz, Regina Soares
Primeiro orientador: Nunes, Maria José Fontelas Rosado
Resumo: Esta tese tem por objeto, relações de abuso e violência sexual de padres contra mulheres. O campo empírico delimita-se às denúncias públicas feitas no Brasil entre os anos 1994 e 2002. Foram mapeadas 203 matérias sobre 21 casos de má conduta sexual de religiosos, abuso sexual, estupro e infração dos votos de celibato. Essas matérias foram agrupadas de modo a compor um dossiê de cada um dos casos noticiados, numerados sequencialmente. Para realizar esta pesquisa foram consultados os veículos de mídia mais significativos do país, sítios de agências de notícias e ongs atuantes em todo o território nacional. Dois casos paradigmáticos foram selecionados e estudados em profundidade. Realizou-se entrevistas com denunciantes, testemunhas, membros da hierarquia, e advogados/as envolvidos/as no caso. Preservou-se o anonimato de todos/as os/as entrevistados/as. A análise feita, desde uma perspectiva sociológica, evidencia os mecanismos existentes na Igreja Católica para o ocultamento dos casos denunciados, estuda as especificidades da violência perpetrada por padres contra mulheres e aponta as causas estruturais dessa violência. Recorrendo às teorias feministas, são abordados os fatores causais da violência contra as mulheres e suas diferentes manifestações. O contato com essa bibliografia e o tratamento dos dados sugere a necessidade da elaboração de uma categoria específica que ofereça elementos para a análise da violência praticada por autoridades eclesiásticas contra mulheres. Trabalha-se os aspectos estruturais que constituem essa categoria, denominando-a violência clerical. Tais aspectos referem-se às assimetrias de gênero, à separação entre clero e laicato, ao discurso religioso patriarcal, à sexualização das relações ministeriais e à força da violência simbólica. O pensamento de Bourdieu ajuda na compreensão da religião enquanto sistema simbólico que reveste a figura do padre de um poder sagrado. Uma vez que as causas da violência clerical são principalmente de origem estrutural, entende-se a necessidade de buscar soluções estruturais no enfrentamento da questão
Abstract: This thesis examines sexual abuse and violence against women by priests. Using public complaints made in Brazil between 1994 and 2000 as an empirical base, it details 203 articles related to 21 cases of sexual misconduct by clergymen, including sexual abuse, rape, and the violation of vows of celibacy. These articles were grouped to create a dossier on each of the cases and numbered sequentially. Brazil´s most important media sources were consulted, including online news sites and non-governmental organizations (NGOs) across the country. Two representative cases were chosen and studied in depth. Interviews were conducted with plaintiffs, witnesses, members of the Church hierarchy, and attorneys involved in the cases, preserving the anonymity of all interviewees. Utilizing a sociological perspective, the analysis explores the mechanisms by which the Catholic Church attempts to cover up such cases. Showing the specificities of the violence perpetrated against women by priests, the study points toward the existence of structural causes of this violence and their different manifestations, examining them through the lens of feminist theory. The study suggests that a specific analytic category should be developed in order to better comprehend this particular type of violence against women. The term clerical violence is proposed for describing this type of violence, whose structural aspects include gender asymmetries, the separation between clergy and lay members, patriarchal discourse, the sexualization of ministerial relations and the force of symbolic violence. The work of Pierre Bourdieu is useful in understanding religion as a symbolic system that endows the priest with sacred power. Given that the causes of clerical violence are mainly structural, likewise, structural solutions are needed in addressing the issue
Palavras-chave: Má conduta sexual de religiosos
Abuso sexual
Infração dos votos de celibato
Sexual misconduct by clergymenvv
Sexual abuse
Violation of vows of celibacy
Igreja Catolica -- Clero -- Comportamento sexual -- Brasil
Crime sexual pelo clero
Assedio sexual as mulheres -- Aspectos religiosos -- Igreja Catolica
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências da Religião
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Jurkewicz, Regina Soares. Violência Clerical: abuso sexual de mulheres por padres no Brasil. 2006. 199 f. Tese (Doutorado em Ciências da Religião) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/2012
Data de defesa: 9-Nov-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Regina Soares Jurkewicz.pdf1,42 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.