Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20234
Tipo do documento: Tese
Título: Representação da narradora como experienciadora e dizente em Inés Del Alma Mía e na tradução para o português brasileiro: uma abordagem sistêmico-funcional
Autor: Hoy, Giovanna Marcella Verdessi 
Primeiro orientador: Barbara, Leila
Resumo: Nesta pesquisa, objetiva-se analisar o dinamismo na representação Ideacional da narradora e protagonista, Inés, no papel de Dizente e Experienciadora no corpus paralelo Inés del alma mía (ALLENDE, 2006) e em sua tradução para o português do Brasil. A abordagem teórica é a da Linguística Sistêmico-Funcional (HALLIDAY e MATTHIESSEN, 2004; EGGINS, 2002) na interface dos estudos da tradução (CATFORD, 1965; HALLIDAY, 2001; MATTHIESSEN, 2001; RODRIGUES-JÚNIOR e GARCIA de OLIVEIRA, 2015) e do texto literário (MONTGOMERY, 1993; SIMPSON, 1993; PAGANO, 2007; RODRIGUES-JÚNIOR e BARBARA, 2013). Os dados foram submetidos ao programa computacional WordSmith Tools 6.0, especificamente à lista de palavras (word list), ao concordanciador (concordance) e ao utilitário alinhador (view & aligner) com vistas à sua organização e descrição. Na análise das representações femininas, adota-se o sistema de transitividade da Linguística Sistêmico-Funcional. Na comparação dessas representações no texto fonte (TF) e no texto alvo (TA), opta-se pelos conceitos de mudança Ideacional e de equivalência ideacional (RODRIGUES-JÚNIOR e GARCIA de OLIVEIRA, 2015) elaborados a partir dos estudos de Catford (1968) e ampliados por Matthiessen (2001). Propõem-se duas hipóteses: i) os processos Mentais e Verbais contribuem para o dinamismo dialógico e subjetivo na representação de Inés, e; ii) embora padrões de Equivalências Ideacionais sejam mais frequentes, também serão encontradas mudanças Ideacionais na representação Ideacional de Ines. A análise mostra que Inés é representada como Dizente e Experienciadora com alto grau de dinamismo dialógico e subjetivo, tornando-a uma personagem capaz de afetar positivamente a comunidade da qual faz parte. Identificou-se também que, embora a equivalência Ideacional tenha sido o padrão de escolha do tradutor, também foram detectadas mudanças Ideacionais em elementos de transitividade diferentes do Processo. Essas mudanças ocorreram, por exemplo, nas Circunstâncias que agregaram informações de modo, de intensidade, de tempo à representação Ideacional de Inés
Abstract: In this research, we aim to analyze the dynamism in the Ideational representation of the narrator and protagonist, Inés, in the role of Sayer and Senser in the parallel corpus of Inés del alma mía (ALLENDE, 2006) and in its translation to Brazilian Portuguese. The theoretical approach is the Systemic Functional Linguistics (HALLIDAY, MATTHIESSEN, 2004; EGGINS, 2002) on the interface of Translation Studies (CATFORD, 1965; HALLIDA, 2001; MATTHIESSEN, 2001; RODRIGUES-JÚNIOR and OLIVEIRA, 2015), and literary text (MONTGOMERY, 1993; SIMPSON, 1993; PAGANO, 2007; RODRIGUES-JÚNIOR and BARBARA, 2013). The data were submitted to the computing program called WordSmith Tools 6.0, specifically to the Word List, to the Concordance and the View & Aligner for organization and description. In the analysis of the female representations adopts the transitivity system of Systemic Functional Linguistics. In the comparison of these representations in the Source Text (SF) and in the Target Text (TT), chooses to the concepts of Ideational-shift and Ideational Equivalence (RODRIGUES-JÚNIOR and GARCIA de OLIVEIRA, 2015)) elaborated from the Catford (1968) studies and extended by Matthiessen (2001). Two hypotheses are proposed: i) the Mental and Verbal processes contribute to the dialogical and subjective dynamism in the representation of Inés, and; ii) although the Ideational Equivalences standards are more frequent, Ideational-Shift also will be found in the Ideational representation of Inés. The analysis shows that Inés is represented as a Sayer and Senser with a high degree of dialogical and subjective dynamism, making her a character capable to affect positively the community of which she belongs. It was also identified that, although Ideational equivalence has been the translator`s standard of choice, Ideational-Shift were also detected in elements of transitivity different of the Process. These changes occurred, for example, in the Circumstances that added information of mode, intensity, and time to the Inés' Ideational representation
Palavras-chave: Linguística sistêmico-funcional
Tradução e interpretação - Estudo e ensino
Inés Del Alma Mía
Systemic functional linguistics
Translation and interpreting - Study and teaching
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Hoy, Giovanna Marcella Verdessi. Representação da narradora como experienciadora e dizente em Inés Del Alma Mía e na tradução para o português brasileiro: uma abordagem sistêmico-funcional. 2017. 129 f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20234
Data de defesa: 29-Jun-2017
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Giovanna Marcella Verdessi Hoy.pdf3,77 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.