???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20235
Tipo do documento: Tese
Título: Monteiro Lobato e o discurso do petróleo: o deslocamento da instituição literária para a arena de debates da política econômica
Autor: Ramanzini, Isis Cristina 
Primeiro orientador: Silva, Maria Cecília Pérez de Souza e
Resumo: Esta tese tem por objetivo compreender, a partir de uma perspectiva enunciativodiscursiva, a atuação e o engajamento político e econômico do escritor Monteiro Lobato em defesa da causa petrolífera no Brasil. Seu amplo e decisivo exercício como intelectual no contexto sociocultural brasileiro se configura em várias publicações aqui denominadas discurso do petróleo. Visando também a contribuir para o estreitamento das relações entre os estudos discursivos e literários, delimitou-se, como objeto de estudo, três publicações de Lobato referentes à temática do petróleo, que se encontram no entrecruzamento entre a literatura geral e a literatura infantil: o prefácio de A luta pelo petróleo, livro de Essad Bey lançado no Brasil em 1935; O escândalo do petróleo e ferro, publicação datada de 1936; e O poço do Visconde, obra de 1937 destinada ao público infantojuvenil. Do ponto de vista teórico-metodológico, foram mobilizados alguns procedimentos e conceitos propostos e desenvolvidos por Dominique Maingueneau em várias de suas obras – paratopia, interdiscurso, cenas da enunciação, ethos, autoralidade, discurso e prática discursiva –, além de algumas contribuições da abordagem ergológica. O estudo propiciou uma nova avaliação do discurso do petróleo produzido por Monteiro Lobato no seu deslocamento da instituição literária para a arena de debates da política econômica. Revelando um homem de múltiplas atividades situado num espaço paradoxal e porta-voz de um grupo de renovação e ruptura, cuja legitimidade intelectual e influência junto ao público possibilitaram a promoção das suas próprias convicções ideológicas e políticas num momento crucial da história do Brasil, as referidas obras de Monteiro Lobato vêm corroborar o seu discurso em defesa do desenvolvimento e da independência financeira do país mediante a prospecção petrolífera
Abstract: This dissertation aims to investigate, based on an enunciative-discursive perspective, the action and the political and economic engagement of the writer Monteiro Lobato in defense of the oil cause in Brazil. His broad and decisive exercise as an intellectual in the Brazilian sociocultural context is revealed in many publications that were called, here, oil discourse. With the purpose of contributing to strengthen the relations between discourse studies and literary studies, three of Lobato’s publications approaching the oil theme were delimited as the object of study of this dissertation. Such publications are at the crossroads between general literature and children’s literature: the preface of A luta pelo petróleo [Flüssiges gold], by Essad Bey, a book released in Brazil in 1935; O escândalo do petróleo e ferro [The scandal of oil and iron, published in 1936; and O poço do Visconde [The Viscount’s well], published in 1937, targeted at children and adolescents. From the theoretical-methodological point-ofview, some procedures and concepts proposed and developed by Dominique Maingueneau in many of his works were used in this study – paratopia, interdiscourse, enunciation scenes, ethos, authorship, discourse and discursive practice –, as well as some contributions provided by the ergologic approach. The study fostered a new evaluation of the oil discourse produced by Monteiro Lobato when he moved from the literary institution to the arena of discussions concerning the economic policy. Monteiro Lobato’s works studied here reveal a man of multiple activities located in a paradoxical space, and a spokesperson for a group of renovation and rupture, whose intellectual legitimacy and influence on the public enabled him to promote his own ideological and political convictions in a crucial moment of Brazil’s history. These works corroborate his discourse in defense of the country’s development and financial independence through oil prospecting
Palavras-chave: Lobato, Monteiro [1882-1948] - Visão política e social
Indústria petrolífera - Brasil
Discurso do petróleo
Lobato, Monteiro [1882-1948] - Political and social vision
Oil industry - Brazil
Oil discourse
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Ramanzini, Isis Cristina. Monteiro Lobato e o discurso do petróleo: o deslocamento da instituição literária para a arena de debates da política econômica. 2017. 129 f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem) -Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20235
Data de defesa: 21-Jun-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Isis Cristina Ramanzini.pdf2,07 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.