???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20351
Tipo do documento: Tese
Título: Resgate dos materiais e das culturas locais para o ensino na Química
Autor: Sithole, Gerre Zebedias Samo
Primeiro orientador: Almeida, Fernando José de
Primeiro coorientador: Thompson, Rachael Elizabeth
Resumo: O presente trabalho pretende introduzir nas práticas curriculares do ensino da Química, experiências com material alterntivo localmente disponível e experiências da cultura para construção de conhecimentos só1idos e significativos e, consequentemente, apontar uma nova maneira de aprender a Química na escola, na sala de aula e fora dela. Esta intenção emerge da constatação do facto da Química estar sendo apenas ensinada de forma muito teórica sem nenhum vínculo com experiências químicas vitais e dos conhecimentos oriundos da vida do aluno a partir dos fenómenos com os quais convive. Além disso, a natureza e a cultura como campos fecundos de ocorrência de transfomações de materiais a serem valiosa e racionalmente aproveitadas para problematizar e significar o ensino e aprendizagem. Diante de tal facto, esbocei ideias com relação ao tema, apropriando-me do saber veiculado nas obras de Mansur Lufti "os ferrados e os cromados: produção social e apropriação do conhecimento químico "; Paulo Freire "Pedagogia do Oprimido", "Pedagogia da Autonomia", Educação como Prática da Liberdade "; Roque Moraes "Construtivismo e ensino de ciências: Reflexões epistemológicas e metodológicas". Todo o esforço na empreitada foi movido na tentativa de buscar o aporte teórico para subsidiar o uso de material alternativo, visto não existir uma teoria postulada que explica a funcionalidade do material. Além disso, constitui minha grande preocupação resgatar o material alternativo localmente disponível e vinculá-lo ao ensino para determinar um método de exploração que olhe criticamente o ensino da Química enfatizando sobretudo, a experiência química feita pelo professor e quanto possível pelos alunos, para aguçar a capacidade de observar, registrar, comparar, relacionar e concluir de forma motivadora, sistemática e inteligente. Procedi uma pesquisa empírica de "estudo de caso" em duas escolas localizadas, uma na periferia e outra no centro da cidade de Beira. Para o efeito, foram escolhidos como grupo alvo de pesquisa alunos e professores em exercício nas escolas secundárias. Os resultados da pesquisa permitem inferir que o material alterativo usado é eficaz para problematizar e desenvolver o ensino da Química. É urgente, além do mais, introduzir no currículo de fonnação de professores da UP, o método experimental que os habilite a saber explorá-lo como premissa para uso do método experimental no ensino
Abstract: The present work intends to introduce in the curricular practices of the teaching of Chemistry, experiments with alternative materials locally available and the usage of experiences of the culture for construction of solid and significant knowledge, and, consequently, to point at a new way to teach and learn Chemistry in the school, in the classroom and out of it. This intention emerges from the verification of the fact that Chemistry is merely being taught in a pure theoretical way, without any linking with cultural experiences to approach the school knowledge and the prior experiences of the learner. However, being the nature and the culture, the main sources of transformation of materials, it has naturally got valuable resources to support teaching and learning process. In this perspective, based on ideas of Lutfi, Freire and Moraes I outlined a theoretical framework to sustain the usage of alternative materials locally available in school, taking in consideration that there is not a postulated theory that explains the functionality of alternative materials in teaching. It is my concern to rescue the alternative material locally available and link to teaching in order to exploit and determine a method that looks at the teaching of Chemistry critically, emphasizing above all, the chemical experiments done by the teacher and as possible, by the students, to sharpen their capacity to observe, to register, to compare, to relate and to inquiry in a systematic and intelligent manner. 1 proceeded an empiric research (case study) in two secondary schools, one, located in the periphery of Beira city, and the other one, in downtown. For the study, there were involved students and teachers in exercise in the secondary schools. The results of the study allow to infer that the usage of alternative material is effective in teaching and learning of Chemistry. Then, it is urgent to introduce in the curriculum of the Pedagogical University for a thorough formation of the secondary school teachers in Mozambique
Palavras-chave: Química - Estudo e ensino - Moçambique
Construtivismo (Educação)
Chemistry - Study and teaching - Mozambique
Constructivism (Education)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::CURRICULO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Citação: Sithole, Gerre Zebedias Samo. Resgate dos materiais e das culturas locais para o ensino na Química. 2004. 257 f. Tese (Doutorado em Educação: Currículo) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20351
Data de defesa: 1-Jun-2004
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gerre Zebedias Samo Sithole.pdf22,33 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.