???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20485
Tipo do documento: Tese
Título: A escritura da presença na crônica televisual de Fernando Gabeira
Autor: Chiarioni, Bruno Teixeira 
Primeiro orientador: Motta, Leda Tenorio da
Resumo: Esta pesquisa está voltada para a narrativa jornalística de Fernando Gabeira. Atenta às pautas inesperadas, ao tom subjetivista e ao caráter não-assertivo dessa narrativa, busca entendê-la como uma voz atípica no contexto da grande imprensa brasileira, por furtar-se do noticiarismo e sua retórica calamitosa, à luz da escritura de Roland Barthes. Tal conceito é gestado no campo da crítica literária. Sabendo que a escritura barthesiana se define como contrapartida ao mito e seu rumor, aqui tomaremos ambos os conceitos barthesianos como produtivos para a compreensão do discurso gaberiano, principalmente o televisual. Trabalhamos com a hipótese de que, nesse caso, o jornalista revela o escritor, tanto mais que sua ancoragem na crônica televisual é precedida de uma obra que soma 7 livros, de estilo comparável àquele que Gabeira ousa talhar atualmente no écran. O estado da arte envolve trabalhos abalizados sobre jornalismo literário, abarcando desde o new journalism, capitaneado internacionalmente por jornalistas/escritores como Tom Wolfe, Truman Capote, Gay Talese, John Hersey, até certo periodismo voltado à crônica jornalística, intitulado de Novo Jornalismo Latino-Americano, praticado por nomes exponenciais como Martin Caparrós, Leila Guerriero, entre outros, e tendo, no Brasil, representantes como Dorrit Harazim e Eliane Brum. Os referenciais teóricos compreendem a obra de Barthes, notadamente a primeira, que inclui O grau zero da escritura e Mitologias, e suas melhores apresentações. O corpus da pesquisa constitui-se de 5 edições do programa Fernando Gabeira, do canal a cabo Globo News, exibidas entre os meses de setembro de 2013, período da estreia da atração, e o primeiro trimestre de 2017, quando do fechamento da escrita da tese. A escolha das edições se dá, sobretudo, pelo fato de o pesquisador acreditar que essas produções se aproximam em maior grau às proposições suscitadas nesta tese. Metodologicamente, a pesquisa é caracterizada como bibliográfica e documental. A relevância do trabalho prende-se à aplicação da semiologia barthesiana, hoje considerada crucial para o entendimento das mídias, ao discurso televisivo, raramente alvejado pelos sofisticados procedimentos analíticos do autor
Abstract: This research is geared towards Fernando Gabeira’s journalistic narrative. Attentive to unexpected storylines, the subjective tone and the non-assertive nature of such narrative, this research seeks to understand it as an atypical voice in the context of the greater Brazilian press, for it avoids newscasting and its calamitous rhetoric, in light of Roland Barthes’ writings. Such concept is conceived in the field of literary criticism. Knowing that the Barthesian writing is defined in contrast to the myth and its rumor, in this paper we will consider both concepts useful to understand Gabeira’s discourse, especially the televisual one. We work with the hypothesis that, in this case, the journalist reveals the writer, especially since his anchoring in the televisual chronicle is preceded by an oeuvre with seven books, whose style is comparable to the one Gabeira currently dares to adopt on the screen. The state of the art involves comprehensive works on literary journalism, from the New Journalism, internationally led by journalists/writers such as Tom Wolfe, Truman Capote, Gay Talese, John Hersey to the kind of journalism dedicated to journalistic chronicles named the New Latin American Journalism, practiced by exponential names such as Martin Caparrós, Leila Guerriero, among others, and having in Brazil representatives such as Dorrit Harazim and Eliane Brum. The theoretical framework contains Barthes’ works, especially the first one that includes Writing Degree Zero and Mythologies, as well as his best presentations. The research corpus is made up of five editions of the Fernando Gabeira program, from the cable channel Globo News, broadcast between September 2013, when the attraction opened, and the first quarter of 2017, when closing the writing of this thesis. The choice of editions is made especially because this researcher believes that these productions are more closely connected to the propositions raised in this thesis. From the methodological point of view, the research is bibliographic and documental. The relevance of the work is connected to the use of the Barthesian Semiology, which is currently considered crucial for the understanding of the Medias, and also to televisual discourse, rarely targeted by the sophisticated analytical procedures of the author
Palavras-chave: Crônica jornalística
Reportagens e repórteres
Gabeira, Fernando [1941-]
Journalistic chronicle
Reporters and reporting
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Chiarioni, Bruno Teixeira. A escritura da presença na crônica televisual de Fernando Gabeira. 2017. 204 f. Tese (Doutorado em Comunicação e Semiótica) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20485
Data de defesa: 22-Sep-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bruno Teixeira Chiarioni.pdf10,11 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.