Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20664
Tipo do documento: Dissertação
Título: O processo persuasivo sobre o impeachment de Dilma Rousseff nos jornais Folha de São Paulo e The New York Times: um enfoque crítico da Linguística Sistêmico-Funcional
Autor: Santos, Marcel de Freitas 
Primeiro orientador: Ikeda, Sumiko Nishitani
Resumo: O objetivo desta dissertação de mestrado é o exame do processo persuasivo que percorre um editorial publicado na Folha de S. Paulo e outro no The New York Times referentes ao impeachment – que destituiu a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, em 2016. A pesquisa focaliza a questão da representação do evento e de seus atores sociais nos dois jornais, analisando a correspondência entre as escolhas de certas formas linguísticas e as ideologias e relações de poder que subjazem a essas formas. Guiada por propostas de Análise do Discurso Crítica (ADC) e com o apoio básico do contexto analítico oferecido pela Linguística Sistêmico-Funcional (LSF), esta dissertação examina, em especial, duas dimensões da gramática da oração: a transitividade e a modalidade/avaliatividade, que são associadas respectivamente às metafunções ideacional e interpessoal da linguagem, nos termos da LSF. Por meio desse apoio teórico-metodológico, além de teorias complementares, tenta-se desvendar a persuasão tanto explícita quanto implícita de que se valem os jornais para persuadir seus leitores. Para tanto, a pesquisa deve responder à seguintes perguntas: (a) de que modo a transitividade e a modalidade/avaliatividade contribuem no processo persuasivo dos editoriais? (b) como a ideologia subjacente aos dois jornais pode ser revelada? A pesquisa mostra que o editorial brasileiro “Muitos anos em um” responsabiliza as instituições governamentais pelo impeachment de Dilma Rousseff, enquanto que o americano “Brazil’s ousted president”, concentra a responsabilidade na pessoa da ex-presidente. O apoio das metafunções ideacional e interpessoal da LSF, além de teorias complementares, foram fundamentais para caracterizar a persuasão que perpassa os editoriais para conseguir o alinhamento do leitor na linha de raciocínio dos jornais
Abstract: The objective of this master’s degree thesis is the examination of the persuasive process that runs through an editorial published in the newspaper Folha de S. Paulo and another one in The New York Times concerning the impeachment process which removed Brazil’s president Dilma Rousseff from office in 2016. The research focuses on the issue of the representation of the event as well as their social actors in both newspapers, analyzing the correspondence between the choices of certain linguistic forms and the ideologies and relations of power that underlie these forms. Guided by proposals for Critical Discourse Analysis (CDA) and with the support of the analytical context offered by Systemic-Functional Linguistics (SFL), the project examines, in particular, two dimensions of the grammar of the clause: transitivity and modality/appraisal, respectively associated to the ideational and interpersonal metafunctions of language, according to SFL. Through this this theoretical-methodological support, it is attempted to unravel both explicit and implicit persuasive processes on which newspapers count to persuade their readers. For this purpose, the research should answer the following questions: (a) how does a transitivity and modality/ appraisal contribute to the persuasive process in editorials? (b) how can the underlying ideology of the two newspapers be revealed? The research shows that the Brazilian editorial "Muitos anos em um" blames government institutions for the impeachment of Dilma Rousseff, whereas the American editorial "Brazil’s ousted president" attributes responsibility to former president Dilma Roussef. The support of SFL through its ideational and interpersonal metafunctions, as well as complementary theories, were paramount to characterize the persuasion that pervades the editorials to achieve the alignment of the reader with the newspapers’ positions
Palavras-chave: Persuasão (Retórica)
Língua portuguesa - Transitividade
Folha de S. Paulo (Jornal) - Editoriais
The New York Times (Jornal) - Editoriais
Persuasion (Rhetoric)
Portuguese language - Transitivity
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Santos, Marcel de Freitas. O processo persuasivo sobre o impeachment de Dilma Rousseff nos jornais Folha de São Paulo e The New York Times: um enfoque crítico da Linguística Sistêmico-Funcional. 2017. 67 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20664
Data de defesa: 27-Nov-2017
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Marcel de Freitas Santos.pdf1,3 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.