???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21014
Tipo do documento: Tese
Título: Os papéis sociais dos negros e de seus senhores em casa-grande & senzala: representação textual-discursiva escravocrata ou abolicionista?
Título(s) alternativo(s): The social roles of blacks and their masters in casa grande & senzala: a textual-discursive representation of the slave or abolitionist?
Autor: Barros, Adelson Florêncio de 
Primeiro orientador: Silveira, Regina Celia Pagliuchi da
Resumo: Esta tese, fundamentada na Análise Crítica do Discurso, tematiza os papéis sociais dos senhores e seus escravos em Casa-Grande & senzala. Justifica-se, pois essa obra é estudada e criticada por cientistas sociais e não por uma visão crítica do discurso. Trata-se de uma análise textual-discursiva da referida obra. Há vários trabalhos publicados, sobre essa obra, com enfoque sociológico, antropológico, entre outros. A pesquisa justifica-se, pois busca responder: o autor de Casa-grande & Senzala é um conservador escravocrata ou revolucionário abolicionista? O objetivo geral é contribuir com os estudos discursivos da obra em questão e específicos: 1. Verificar, em textos historiográficos brasileiros, quais e quantos papéis sociais os escravos negros representaram socialmente; 2. Averiguar quais e quantos papéis sociais os escravos representam na referida obra, confrontando-os com os da historiografia, textos multimodais e anúncios de jornal; 3. Analisar o ponto de vista projetado pelo autor ao focalizar a escravidão na zona açucareira pernambucana. A investigação proposta é qualitativa e documental, com procedimento teórico-analítico. Os resultados indicam que os valores ideológicos e culturais que guiam Freyre, ao escrever essa obra, resultam dos valores patronais do senhor de engenho açucareiro pernambucano, objetivando a construção das origens miscigenadas da cultura brasileira e são esses que estão arquivados em sua memória social, a partir da instituição familiar. Logo, são valores conservadores e escravocratas. A hipótese da investigação mostrou-se adequada, pois Freyre é guiado por uma ideologia do poder patronal rural açucareiro pernambucano, cancelando a crueldade, o sadismo e a exploração excessiva da mão de obra escrava e privilegia o papel da escrava, transmissora da cultura afro na miscigenação cultural brasileira, de forma a construir o mito da sensualidade da negra
Abstract: This dissertation, based on the Critical Discourse Analysis, thematizes the social roles of the masters and their slaves in Casa Grande & Senzala. It is justified, for this work is studied and criticized by social scientists and not by a critical vision of the discourse. It is a textual-discursive analysis of this work. There are several published works, about this work, with sociological, anthropological, among others. The research is justified, because it aims to answer: Is the author of Casa Grande & Senzala a conservative enslaver or revolutionary abolitionist? The general objective is to contribute to the discursive studies of the work in question and to specific ones: 1. To verify, in Brazilian historiographical texts, which and how many social roles the black slaves did represent socially; 2. To ascertain which and how many social roles the slaves represent in the said work, comparing them with those of historiography, multimodal texts and newspaper advertisements; 3. Analyze the point of view projected by the author when focusing on slavery in the sugar zone of Pernambuco. The proposed research is qualitative and documental, with theoretical-analytical procedure. The results indicate that the ideological and cultural values that guide Freyre in writing this work result from the patron saint values of sugar planter from Pernambuco, aiming to construct the miscegenated origins of Brazilian culture and are those that are archived in his social memory, from the family institution. Therefore, they are conservative and enslaved values. The hypothesis of the investigation proved to be adequate, since Freyre is guided by an ideology of Pernambuco sugarcane rural power, canceling the cruelty, sadism and excessive exploitation of the slave labor force and privileges the role of the female slave, transmitter of Afro Brazilian cultural miscegenation, in order to build the myth of the sensuality of the black woman
Palavras-chave: Escravos - Papel social
Miscigenação na literatura
Freyre, Gilberto [1900-1987] - Casa-grande e senzala - Crítica e interpretação
Slaves - Social role
Miscegenation in literature
Freyre, Gilberto [1900-1987] - Casa-grande e senzala - Criticism and interpretation
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa
Citação: Barros, Adelson Florêncio de. Os papéis sociais dos negros e de seus senhores em casa-grande & senzala: representação textual-discursiva escravocrata ou abolicionista?. 2018. 213 f. Tese (Doutorado em Língua Portuguesa) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21014
Data de defesa: 12-Mar-2018
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adelson Florêncio de Barros.pdf3,09 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.