REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/21512
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorChaves, Ramon Silva-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4389754E8por
dc.contributor.advisor1Nascimento, Jarbas Vargas-
dc.date.accessioned2018-10-22T12:31:17Z-
dc.date.issued2018-09-05-
dc.identifier.citationChaves, Ramon Silva. A paratopia do estigma: identidade e relato de si no discurso Recordações do escrivão Isaías Caminha, de Lima Barreto. 2018. 214 f. Tese (Doutorado em Língua Portuguesa) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/21512-
dc.description.resumoEsta tese examina a paratopia do estigma e a identidade do negro no discurso literário Recordações do Escrivão Isaías Caminha, de Lima Barreto, produzido em 1909, no Brasil. Nossa pesquisa está fundamentada na Análise do Discurso de inspiração francesa, sobretudo, nos pressupostos teórico-metodológicos de Dominique Maingueneau (1997;2015) sobre o discurso constituinte literário e a paratopia literária. A questão central que essa pesquisa busca resolver é: como a identidade do negro brasileiro, construída sob um violento esquema de exploração social, econômico e histórico se comporta na construção do discurso literário Recordações do Escrivão Isaías Caminha? Como hipótese de pesquisa, entendemos que a paratopia se engendra por meio do estigma, noção apresentada por Goffman (2012), para remodelar a identidade do negro por meio de uma revisão histórica, promovendo, deste modo, o efeito de relato de si, noção apresentada por Butler (2017). Nosso objetivo geral é o de examinar a paratopia e por meio disso a avaliar a construção da identidade do negro que, no início do século XX, foi modelada de maneira a se tornar estigmatizada. Como objetivo específico queremos verificar a organização da cenografia e a constituição do ethos discursivo na composição da paratopia literária em Recordações do escrivão Isaías Caminha. Nossa tese inova ao avaliar um corpus tradicionalmente analisado pela Literatura. Além disso, busca ampliar a categoria de paratopia, pela proposição da paratopia do estigma, associando-a às questões étnico-raciaispor
dc.description.abstractThis thesis looks at paratopia of stigma and black identity in the literary discourse Recordações do Escrivão Isaías Caminha written by Lima Barreto in Brazil in 1909. Our research is based on French Discourse Analysis and predominantly on the theoretical-methodological assumptions of Dominique Maingueneau (1997;2015) about the constitutional literary discourse and literary paratopia. The main concern of this research is how the identity of the black Brazilian, an identity built under a violent system of social, economic and historical exploitation, behaves in the literary discourse Recordações do Escrivão Isaías Caminha? Our research hypothesis is that paratopia engender through stigma, a concept developed by Goffman (2012) to remodel the black identity through a historical reassessment and thus, promoting the effect of giving an account of oneself, a concept developed by Butler (2017). Our main goal is to study paratopia and use it to evaluate the construction of a black identity shaped early in the 20th century so as to become stigmatized. Our specific objective is to verify the scenographic organization and the constitution of the discursive ethos in the composition of literary paratopia in Recordações do Escrivão Isaías Caminha. Our thesis innovate when evaluating a corpus that is usually analyzed in Literature. Furthermore, it broadens the paratopia category by proposing the paratopia of stigma and associating it to ethnic-racial issueseng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPESpor
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/46960/Ramon%20Silva%20Chaves.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentFaculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artespor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAnálise do discurso literáriopor
dc.subjectNegros - Identidade racialpor
dc.subjectBarreto, Lima [1881-1922] - Crítica e interpretaçãopor
dc.subjectDiscourse analysis, Literaryeng
dc.subjectBlacks - Race identityeng
dc.subjectBarreto, Lima [1881-1922] - Criticism and interpretationeng
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUA PORTUGUESApor
dc.titleA paratopia do estigma: identidade e relato de si no discurso Recordações do escrivão Isaías Caminha, de Lima Barretopor
dc.title.alternativeParatopia of stigma: identity and giving an account of oneself in the literary discourse Recordações do escrivão Isaías Caminha written by Lima Barretoeng
dc.typeTesepor
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ramon Silva Chaves.pdf1,25 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.