???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4407
Tipo do documento: Tese
Título: Hiperconsumo: comunicação, condicionamento e compras das décadas de decisão à década de descontrole
Autor: Colombo, Caio Prisco da Silva Telles Nunes Ranieri 
Primeiro orientador: Vieira, Jorge de Albuquerque
Resumo: Esta Tese de Doutorado em Comunicação e Semiótica trata do consumo excessivo de mercadorias no mundo contemporâneo e do papel central da comunicação comercial na construção, desenvolvimento e manutenção de sociedades voltadas para o Consumo. Os fenômenos do consumismo e do hiperconsumismo são frutos da comunicação comercial e dela dependem, majoritária ou integralmente, para continuar a existir. Estudar o Consumo é de extrema importância para compreender o Homem, a Cultura e as dinâmicas socioeconômicas locais e globais no sistema capitalista. Esta Tese surgiu da preocupação do autor com o consumo excessivo de mercadorias no mundo e o aumento alarmante do número de indivíduos consumistas e hiperconsumistas por toda parte. O problema desta Tese é: Como as empresas capitalistas vêm usando a Comunicação, em sua ver-tente comercial, desde a segunda metade do século XIX, para atingir seus objetivos de Lucro? E a hipótese é: As empresas capitalistas vêm usando a Comunicação, em sua vertente comercial, desde a segunda metade do século XIX, como ferramenta para construir, desenvolver e manter sociedades orientadas para o consumo excessivo de mercadorias. O Consumo é um fenômeno complexo e tem relações, diretas e indiretas, com ou-tros de grande complexidade. Para abarcar essa complexidade optou-se pela utilização da Semiótica Sistêmica como chave de decodificação e entendimento daquilo que tem motivado e orientado a vida do Homem nos últimos tempos. Os principais teóricos presentes neste texto são Gilles Lipovetsky, Guy Debord, István Mészáros, Jean Baudrillard, Pierre Bourdieu, Theodor Adorno e Zygmunt Bauman. O consumo excessivo de mercadorias destrói o psiquismo humano, a Sociedade e o Meio Ambiente e só é possível isto é, operacio-nalmente viável e publicamente aceitável por conta do uso planejado e pleno (na verdade, plenipotenciário) da comunicação comercial como ferramenta de construção, desenvolvimento e manutenção de uma realida-de artificial, baseada, essencialmente, no Desejo, no Hedonismo e no Individualismo; todos hipertrofiados, e constantemente atiçados, pela Mídia a serviço do Capital. Por meio de uma análise semiótica sistêmica, com início em 1850 e término no último dia de 2009, é possível compreender os movimentos gerais da Indústria, do Comércio e da Publicidade e da cultura construída, legitimada e reforçada por esses três agentes ao longo do tempo que resultaram no consumismo (o exagero nas compras) e, mais recentemente, no hiperconsumismo (a patologia do vício em compras)
Abstract: This Doctoral Thesis in Communication and Semiotics deals with the excessive consumption of goods in the contemporary world and the central role of commercial communication in the construction, development and maintenance of consumption-oriented societies. The phenomena of consumerism and hyper-consumerism are fruits of commercial communication and depend on it, mostly or fully, to continue to exist. Studying Consump-tion is extremely important to understand Man, Culture and the local and global socio-economic dynamics in the capitalist system. This Thesis arose from the author s concern with the excessive consumption of goods in the world and the alarming increase in the number of consumerist and hyper-consumerist individuals every-where. The problem of this Thesis is: How capitalist enterprises have been using Communication, in its commer-cial form, since the second half of the nineteenth century, to achieve their goals of Profit? The hypothesis is: The capitalist enterprises have been using Communication, in its commercial form, since the second half of the nine-teenth century as a tool to build, develop and maintain societies oriented towards the excessive consumption of goods. Consumption is a complex phenomenon and has relations, directly and indirectly, with others of great complexity. To grasp this complexity we chose to use Systemic Semiotics as key for the decoding and under-standing of what has motivated and guided human life in recent times. The main theorists present in this text are Gilles Lipovetsky, Guy Debord, István Mészáros, Jean Baudrillard, Pierre Bourdieu, Theodor Adorno and Zygmunt Bauman. The excessive consumption of goods destroys the human psyche, Society and Environment and is only possible operationally feasible and publicly acceptable due to the planned and full use (in fact, plenipotentiary use) of commercial communication as a tool for the construction, development and mainte-nance of an artificial reality, based, essentially, on Desire, in Individualism and Hedonism, all hypertrophied, and constantly fanned by the Media in the service of Capital. Through a systemic semiotic analysis, beginning in 1850 and ending on the last day of 2009, it is possible to understand the general movements of Industry, Com-merce and Advertising and the culture built, legitimized and reinforced by these three agents over time which resulted in consumerism (the overstatement in purchases) and, more recently, in hyper-consumerism (the disease of addiction in purchases)
Palavras-chave: Consumo
Consumismo
Hiperconsumismo
Comunicação
Publicidade
Propaganda
Consumption
Consumerism
Hyper-consumerism
Communication
Advertising
Propaganda
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Colombo, Caio Prisco da Silva Telles Nunes Ranieri. Hiperconsumo: comunicação, condicionamento e compras das décadas de decisão à década de descontrole. 2012. 248 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4407
Data de defesa: 4-Jun-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Caio Prisco da Silva Telles Nunes Ranieri Colombo.pdf1,54 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.