???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4413
Tipo do documento: Dissertação
Título: A construção da expressividade na infografia: um estudo de criações de Jaime Serra
Autor: Pliger, Marcelo 
Primeiro orientador: Leão, Lucia Isaltina Clemente
Resumo: O objeto específico deste estudo é o trabalho do infografista espanhol Jaime Serra, reconhecido em seu campo por desenvolver projetos de caráter expressivo. Nosso objetivo é investigar como se constrói a comunicação de informações nos infográficos de Serra. A infografia é uma associação diagramática de textos e imagens presente em diferentes campos da comunicação, entre eles o jornalismo. A pesquisa sobre esse tema se insere no estudo de manifestações da comunicação humana e contribui com subsídios para a compreensão do atual estado da infografia e do debate crítico que busca definir as características diretrizes nos processos de criação de infográficos. Observam-se duas linhas: uma defende o desenvolvimento de infográficos objetivos, técnicos e científicos; e outra que propõe a realização de infográficos com ênfase na subjetividade e esteticamente expressivos. Nossa pergunta é: como Serra articula o plano da expressão e o plano do conteúdo para construir diferentes camadas de sentido? A base teórica relaciona a semiologia gráfica desenvolvida por Bertin (1967) e a teoria da sintaxe gráfica de Yuri Engelhardt (2002). O primeiro capítulo apresenta momentos históricos significativos de exploração da expressividade na infografia, o trabalho de Serra nesse contexto e o debate crítico em torno do tema através dos argumentos de Edward Tufte, Alberto Cairo e Nigel Holmes. No segundo capítulo apresentamos a teoria de variáveis visuais de Bertin e a teoria de sintaxe gráfica de Engelhardt. Essas duas teorias, em conjunto com a teoria semiótica de Greimas, fornecem a base para a análise de três trabalhos de Serra no terceiro capítulo. Através da observação de algumas características comuns nos infográficos que exploram novas formas expressivas de comunicar informações, concluímos que o uso de instrumentos pouco habituais para criação de imagens em infográficos, como a incorporação de elementos do imaginário cultural e o deslocamento do lugar dos atores na enunciação, são recursos que Serra utiliza em seu processo de criação e que participam significativamente na construção de sentido comunicada em seus infográficos
Abstract: The specific object of this study is the work of Spanish infographist Jaime Serra, recognized in his field for developing projects with expressive character. Our goal is to investigate how the communication of information is constructed in Serra s infographics. Infography is a diagrammatic combination of texts and images in many different fields of communication, including journalism. The research on this topic fits into the study of human communication manifestations and contributes to understand the current state of infographics and the critical discussion that seeks for guidelines for infographics creation process. We observed two groups: one that supports the development of objective, technical and scientific infographics and another that supports infographics with emphasis on subjectivity and aesthetic expressivity. Our main question is: how Serra articulates expression plane and content plane to build different layers of meaning? The theory base relates the graphic semiology developed by BERTIN (1967) and the graphic syntax theory by Yuri ENGELHARDT (2002). The first chapter presents significant historical moments that exploit the expressiveness in infographics, the presence of Serra s work in this context and the critical debate around the theme through the arguments of Edward Tufte, Alberto Cairo, and Nigel Holmes. In the second chapter we write about Bertin s visual variables theory and Engelhardt s graphic syntax theory. These two theories together with Greimas s semiotic provide the basis to study three examples of Serra s work in the third chapter. Through the observation of some common characteristics in infographics that explore new expression forms to communicate information, we concluded that the use of unusual instruments to create images in infographics - as the incorporation of elements of the cultural imaginary and the displacement of actors place in the enunciation - are resources that Serra uses in his creation process and that significantly participates in the construction of meaning communicated in his infographics
Palavras-chave: Semiótica
Design da informação
Infografia
Jornalismo
Processo de criação
Communication
Semiotics
Information design
Infographics
Journalism
Creation process
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Pliger, Marcelo. A construção da expressividade na infografia: um estudo de criações de Jaime Serra. 2012. 188 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4413
Data de defesa: 20-Jun-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcelo Pliger.pdf29,09 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.