???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4577
Tipo do documento: Tese
Título: Dossiê Walter Freitas: comunicação, arte e cultura na Amazônia
Autor: Lima, Marlise Borges de 
Primeiro orientador: Ferreira, Jerusa Pires
Resumo: Esta tese tem como objetivo principal trazer contribuições aos estudos de cultura brasileira e amazônica, através dos processos de criação e mediação em arte e comunicação, que estão no trabalho artístico-cultural de Walter Freitas, escritor, dramaturgo, músico e compositor paraense. Procura-se compreender a dimensão de sua arte: o quanto ela pode fazer ressoar a amazonidade e o conhecimento fundamental desta cultura e ainda ativar uma certa memória coletiva, uma vez que a tradução da cultura amazônica presente na produção artística deste autor é repleta de fatos que dizem respeito a todo um conjunto social. Freitas realiza, portanto, um trabalho de arte, cultura e comunicação, que ganha dimensões universais. Na música, no teatro ou na literatura, constrói e reconstrói poéticas que cumprem o seu papel de forma alternativa. Na linguagem sonora cria uma nova estética musical, quando insere ritmos, compassos irregulares, estruturas harmônicas e melódicas complexas e sonoriza, com maestria, os subdialetos indígenas e africanos. Na linguagem cênica escreve em versos e procura sempre trabalhar a questão do teatro a partir de uma perspectiva experimental. Aborda temas sociais, políticos e culturais (de forma poética), apresentando sempre um material muito rico de reflexão a respeito das tradições na Amazônia. Comparecem os temas da migração dos povos ribeirinhos, da preservação da floresta e outras referências, que trazem à tona questões universais inerentes à condição humana, mesmo partindo de elementos desta cultura, em particular. Na literatura, Freitas apropria-se 'fisicamente' da linguagem popular e a potencializa. Traz de volta expressões em desuso, acrescenta novos termos aos dialetos indígenas e africanos (já existentes) e chega ao requinte de inaugurar uma linguagem nova, ao criar sinais gráficos (acentos invertidos, apóstrofes no início, meio e final das palavras) para significar peculiaridades de pronúncias, sonoridades, supressão de letras e fonemas. Deste modo, suas obras de arte verbo-visual-sonoras, da primeira à última sílaba, da primeira à ultima nota e à ultima cena, se constituem em sequências desdobradas em caleidoscópio, que, passando pelos mosaicos, finalmente concretizam a estrutura de uma unidade. Para abordar os conceitos de tradução cultural e mediação em arte/comunicação, a pesquisa fundamenta-se na Semiótica da Cultura, através dos semioticistas Iuri Lotman, Mikhail Bakhtin, Paul Zumthor, entre outros. Nos territórios da comunicação e da cultura, as teorias de Jesus Martin Barbero, Serge Gruzinski e Boaventura de Souza Santos e outros autores, que pensam o Brasil e a América Latina como lugares de 'multiconfluências' de elementos diversos. E sobre noções de mestiçagem, cultura popular, oralidade e memória, foram utilizados os estudos de Amálio Pinheiro e Jerusa Pires Ferreira
Abstract: This thesis aims mainly to bring major contributions to the study of Brazilian and Amazon culture through the processes of creation and mediation of art and communication, which are in the cultural-artistic work of Walter Freitas, who is a writer, playwright, musician and composer of Pará. It seeks to understand the extent of his art: how much it can do to resonate amazonidade and the fundamental knowledge of this culture and also activate a certain collective memory, since the translation of the Amazon culture present in the artistic production of this author is full of facts that relate to a whole society. Freitas performs thus a work of art, culture and communication that reaches universal dimensions. In music, theater or literature, he builds and rebuilds poetics that fulfill their role as an alternative way. In the language of sound he creates a new musical aesthetic as inserts rhythms, irregular beats, complex harmonic and melodic structures and masterfully vocalizes the indigenous and African subdialects. In scenic language he writes in verse and always tries to work the issue of theater from an experimental perspective. He approaches social, political and cultural themes (in poetic form), showing always a very rich reflection material about the traditions in the Amazon. The themes of migration of riparian peoples, forest preservation and other references that bring up issues related to the universal human condition, even from elements of this private culture are also present. In literature, Freitas appropriates 'physically' and enhances the popular language. He brings back expressions into disuse, adds new terms to the Indian and African dialects (existing) and reaches the refinement of inaugurating a new language when creating graphic signs (inverted accents, apostrophes at the beginning, middle and end of words) to mean peculiarities of pronunciations, sonorities, suppression of letters and phonemes. Thus, his verb-visual-sound artworks from the first to the last syllable, note and to scene constitute sequences split into kaleidoscope, which through the tiles finally materialize the structure of a unit . To approach the concepts of cultural translation and mediation in art/communication this thesis is based on the Semiotics of Culture, through the semioticists Yuri Lotman, Mikhail Bakhtin, and Paul Zumthor among others. In the territories of communication and culture it is based on the theories of Jesus Martin Barbero, Serge Gruzinski, Boaventura de Souza Santos and other authors who think of Brazil and Latin America as places of diverse elements multi-junctures and concerning about notions of racial mixing, popular culture, orality and memory on the studies of Amalio Pinheiro and Jerusa Pires Ferreira
Palavras-chave: Amazonidade
Multiconfluências
Semiótica da cultura
Communication
Amazonidade
Multi-junctures
Semiotics of culture
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Lima, Marlise Borges de. Dossiê Walter Freitas: comunicação, arte e cultura na Amazônia. 2013. 398 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4577
Data de defesa: 11-Nov-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marlise Borges de Lima.pdf99,71 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.