???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4596
Tipo do documento: Dissertação
Título: Jornais populares de São Paulo e do Rio de Janeiro: guias, crimes e brindes a serviço dos leitores
Autor: Assis, Vanessa Ferreiro Pessoa de 
Primeiro orientador: Ferreira, Jerusa Pires
Resumo: Esta pesquisa investiga as características do jornalismo popular e discute as diferenças presentes nos discursos dos jornais Agora São Paulo e Extra. A escolha desses veículos justifica-se porque os dois intitulam-se populares e são líderes de vendas nas bancas de São Paulo e do Rio de Janeiro, respectivamente. O objetivo é contribuir para identificar sistemas de signos dos jornais populares e apontar as singularidades de cada publicação. A metodologia utilizada é a comparação discursiva dos conteúdos editorial e gráfico dos dois veículos. Para a fundamentação teórica, parte-se do conceito de fait divers, pela via de Roland Barthes, da teoria da narratividade em Muniz Sodré, e o conceito cultura das bordas de Jerusa Pires Ferreira. A análise se concentra nos textos das primeiras páginas, entre junho de 2012 e outubro de 2012, período que compreende o início da cobertura nos jornais do assassinato do executivo Marcos Matsunaga Yoki pela esposa, crime que teve ampla cobertura da imprensa. O mês de outubro encerra a pesquisa por compreender o fim da telenovela da TV Globo, Avenida Brasil , que teve repercussão nos jornais. Foram também realizadas entrevistas com editores responsáveis pelas publicações. Com base nessas análises, realiza-se uma reflexão sobre as características dos dois jornais, apontando para o fato de que, ao recorrer a elementos ficcionais e tratá-los de forma noticiosa, dependendo de constantes promoções que oferecem brindes aos leitores, o jornal Extra se torna, do ponto de vista da linguagem, atrativo para o leitor a que se destina. Já o Agora São Paulo, recorrendo ao jornalismo de serviço, muitas vezes à exaustão, como se vê nas manchetes monotemáticas sobre aposentadoria, abre mão de conexões ficcionais e procura se aproximar do leitor tendo como apelo central a linguagem de guias e almanaques, com abuso de títulos com verbos no imperativo, e de narrativas transformadoras que levam o leitor ao estado de fazer
Abstract: This research investigates the characteristics of popular journalism and discusses the differences in the speeches of newspapers Agora São Paulo and Extra. The choice of these vehicles is justified because both of them call themselves popular media and they are sales leaders in the newsstands of São Paulo and Rio de Janeiro respectively. The goal is to help identify systems of signs of popular newspapers and point singularities of each publication. The methodology used is the comparison of discursive editorial content and graphics on both vehicles. For the theoretical foundation it begins with the concept of fait divers by way of Roland Barthes, theory of narrative in Muniz Sodré and Jerusa Pires Ferreira cultura das bordas concept. The analysis focuses on the first pages of texts between June 2012 and October 2012, a period that includes the beginning of the coverage in the newspapers of the assassination of the executive Marcos Matsunaga Yoki by his wife, a crime which was widely covered in the press. The month of October ends the research by understanding the end of TV Globo s soap opera Avenida Brasil which had repercussions in the newspapers. There were also interviews conducted with editors responsible for the publications. Taking into account these analyzes it carries out a study of the characteristics of the two newspapers, pointing that by resorting to the use of fictional elements and treating them as news and by using of constant promotions that offer free gifts to readers of the newspaper Extra makes its language point of view attractive to its intended reader. The Agora São Paulo resorting to the service journalism often exhaustively as seen in monothematic headlines about retirement, waives fictional connections and seeks to approach the reader by having as its main attraction the use of the guides and almanacs language with overuse of headlines with imperative verbs, and transformed narratives that take the reader to the to do state
Palavras-chave: Cultura das bordas
Jornalismo popular
Narratividade
Agora São Paulo
Extra
Popular culture
Popular media
Fait divers
Narrative
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Assis, Vanessa Ferreiro Pessoa de. Jornais populares de São Paulo e do Rio de Janeiro: guias, crimes e brindes a serviço dos leitores. 2014. 133 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4596
Data de defesa: 20-Feb-2014
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vanessa Ferreiro Pessoa de Assis.pdf6,46 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.