???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4665
Tipo do documento: Tese
Título: Babel nas terras alagadiças: revista Raízes, migrações e memórias em São Caetano do Sul
Autor: Ayala, Lilian Crepaldi de Oliveira 
Primeiro orientador: Ferreira, Jerusa Pires
Resumo: A tese teve como objetivo geral explicar como ocorre a tradução cultural dos processos migratórios nas páginas da revista Raízes, produzida pela Fundação Pró- Memória de São Caetano do Sul (SP). O objeto de estudo constitui-se nos diferentes tipos de textos da revista (reportagens, artigos acadêmicos, perfis, narrativas de moradores e trabalhadores, crônicas e poesias). O corpus de análise e interpretação foram as 49 edições da publicação, e o período de análise foi de 1989, data do primeiro exemplar, a julho de 2014. Como objetivos específicos, buscou-se: 1) Descrever como ocorrem as diferentes formas de tradução cultural nas páginas da revista; 2) Apontar em quais contextos institucionais e sociais ocorrem essas traduções; e 3) Mostrar de que forma a revista Raízes apresenta as migrações e os migrantes e seus descendentes. As estratégicas metodológicas foram: quanto aos dados de pesquisa, o estudo foi qualitativo; em relação aos objetivos, exploratório; quanto às fontes para obtenção de dados, o estudo foi bibliográfico e empírico, com a análise crítica da publicação. A parte empírica foi dividida em: fase descritiva do objeto, entrevistas com gestores, editores, jornalistas e colaboradores e análise dos textos a partir dos conceitos dos Estudos Culturais e da Semiótica Russa da cultura. O problema de pesquisa levantado foi: Quais são as possibilidades de tradução cultural dos processos migratórios pela revista Raízes? Partiu-se das seguintes hipóteses: 1- A revista seleciona os papéis desempenhados pelo trabalhador de origem italiana em detrimento de representantes de outros grupos culturais, o que culmina numa construção de uma memória dominante e oficial; 2- O pensamento eurocêntrico prevalece na revista; 3 - A cultura organizacional e as especificidades do sistema público da cidade de São Caetano do Sul interferem, direta ou indiretamente, na definição de pautas, na angulação das reportagens e no processo de edição; 4- Os colaboradores mais assíduos da publicação têm seus textos escolhidos mais pela fama na cidade do que por méritos textuais ou editoriais; 5- A revista não apresenta uma linha editorial bem definida e o direcionamento de textos e pautas muda de acordo com a administração municipal, o que nem sempre segue critérios jornalísticos como valores-notícia. A fundamentação teórica esteve apoiada nos temas: cultura e semiosfera, mestiçagem cultural, interculturalidade, tradução cultural, memória, imaginário e relação entre migração, cidades e desenvolvimento. Concluiu-se que, após um quarto de século, a revista Raízes passou a valorizar mais as lembranças e as tradições de diferentes grupos culturais que construíram a cidade, e não apenas o grupo italiano. Mostrou-se também que a Fundação Pró- Memória, por meio de sua publicação oficial, contribui de forma significativa para a preservação da memória local e, ao mesmo tempo, constrói um mosaico coletivo e mestiço de saberes e histórias
Abstract: The thesis investigation aims to explain how is the cultural translation of migration processes on the pages of Raízes magazine, produced by Pro-Memory São Caetano do Sul Foundation (SP). The study s object is the various types of texts in the magazine (reporting, academic papers, profiling, stories of locals and workers, essays and poetry). The corpus of analysis and interpretation were the 49 editions of the publication, and the period of analysis was from 1989, when the first issue was released, to the July 2014. Regarding the specific objectives, we attempted to: 1) To describe how occur the various forms of cultural translation in the pages of the magazine; 2) Pointing in which institutional and social environments take place these translations; and 3) Showing how the Raízes magazine features migration and migrants and their descendants. The methodological strategies were: as the survey data, the study was qualitative; regarding the objectives, was exploratory; the sources for data acquisition, the study was bibliographical and empirical, with the critical analysis of the publication. The empirical part was divided into: descriptive phase of the object, interviews with administrators, publishers, journalists and contributors and texts analysis based on the concepts of Cultural Studies and Semiotics of Russian culture. The the research problem raised was: What are the possibilities of cultural translation of migration processes by Raízes magazine? We started from the following hypotheses: 1 The magazine selects the roles played by the worker of Italian origin rather than the representatives of other cultural groups, which culminates in a the construction of a dominant and official memory; 2 Eurocentric thinking prevails in the magazine; 3 - Organizational culture and the public system characteristics of the city of São Caetano do Sul affect, directly or indirectly, in the definition of guidelines, the angles of the reporting and the editing process; 4 The most frequent collaborators have their texts chosen most by the reputation in the city than by textual or editorial merits; 5- The magazine does not have a clearly defined editorial line and the direction of texts and guidelines change according to the city administration, which does not always follow journalistic criteria as news values. The theoretical basis was supported in these themes: culture and semiosphere, half-breed code, interculturality, cultural translation, memory, imaginary and relationship between migration and development. We conclude that, after a quarter century, the Raízes magazine ended up valorizing more the memories and traditions of various cultural groups who have built the city, not just the Italian group. It was also shown that the Pro-Memory Foundation, through its official publication, contributes significantly to the preservation of local memory and, at the same time, builds a collective and half-breed mosaic of knowledges and stories
Palavras-chave: Revista Raízes
Memória
Tradução cultural
Imaginário
Raízes magazine
Memory
Cultural translation
Imaginary
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Ayala, Lilian Crepaldi de Oliveira. Babel nas terras alagadiças: revista Raízes, migrações e memórias em São Caetano do Sul. 2014. 261 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4665
Data de defesa: 11-Dec-2014
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lilian Crepaldi de Oliveira Ayala.pdf28,73 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.