???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4808
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorBarreto, Viviane Menna-
dc.contributor.advisor1Ferreira, Jerusa Pires-
dc.date.accessioned2016-04-26T18:15:43Z-
dc.date.available2007-09-04-
dc.date.issued2005-03-31-
dc.identifier.citationBarreto, Viviane Menna. Mapa pictográfico da cultura ribeirinha da Amazônia paraense: tradição e mídias. 2005. 170 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/4808-
dc.description.resumoEsta pesquisa situa-se no universo das Cartografias Pictográficas e tem como carta de itinerário o ciclo de festas populares dos caboclos ribeirinhos da Amazônia Paraense.Tem como objetivo criar um novo conjunto de imagens sobre a Amazônia e, através da divulgação nos meios de comunicação, inserir estas paisagens no imaginário do resto do Brasil. Esse é o diferencial desta dissertação: são duas vias que confluem ao mesmo ponto, saem da artista e pesquisadora e vão seguindo infinitamente enquanto representação plástica construída através de uma grande viagem, pelas comunidades caboclas. O universo conceitual de Jerusa Pires Ferreira, organizado a partir da transcrição de aulas gravadas, criou os primeiros tópicos teóricos da dissertação. Utilizamos também a obra de Ana Maria de Morais Beluzzo sobre os Artistas-Viajantes; o universo de Darcy Ribeiro e João de Jesus Paes Loureiro sobre a cultura cabocla e suas poéticas; os livros de Marlyse Meyer para entender as antropofagias da cultura popular; e a teoria do mundo invertido de Bakhtin para refletir sobre os mascaramentos na festa popular. Então, ampliamos o universo do festeiro, retirando-o do localismo e redimensionando-o na universalidade a partir dos estudos de Paul Zumthor. Mas não pensamos teoricamente com aparelhos estáticos. Pensamos de modo que a teoria nos propiciasse a deslocação do olhar através da nossa própria obra pictórica, encarada como veículo de comunicação entre estes dois mundos. Nesse campo, discutimos a possibilidade de criação e difusão de redes imagéticas através de projetos artísticos midiatizados que mostram o imaginário das minorias. O corpus de análise adotado trata das mudanças dos papéis sociais do festeiro e exemplifica processos de atualizações de uma tradição, através do carnaval de Joaba em Cametá e do Boi de Máscaras de São Caetano de Odivelas. As conclusões alcançadas mostram como a comunidade festeira cria um território encantado e como a artista-viajante, midiatizando esta voz, amplia seu alcancepor
dc.description.abstractThis is a research within the universe of the Pictographic Cartographies and its itinerary is the cycle of folk festivals of the riparian caboclo (mestizo) population of the Amazon region in the Pará state. It intends to create a new set of images of the Amazon region and, through dissemination in the media, insert those sceneries into the rest of Brazil s imagery. There lies the differential of this dissertation: two routes converging to the same point, departing from the artist and researcher, and moving on indefinitely as a plastic representation constructed after an extended trip along the caboclos communities. The first theoretical topics of the dissertation derived from Jerusa Pires Ferreira s conceptual universe organized through the transcription of tape-recorded classes. We also based our analysis on Ana Maria de Morais Beluzzo s work on the Artistas-Viajantes (Artists-Travelers); on Darcy Ribeiro s and João de Jesus Paes Loureiro s universe on the caboclo culture and poetry; on Marlyse Meyer s books to understand the folk culture s anthropophagies; and on Bakhtin s inverted world theory to ponder on folk festivals masking. Then, we extended the festivals universe by taking them away from the localism and giving them a universal dimension under Paul Zunthor s studies. However, we did not think the theory as a static apparatus, but instead as enabling us to divert the look through our own pictorial work considered as the communication means between these two worlds. At this point, we discussed the possibility of creating and disseminating image networks through mediated artistic projects showing the minorities imagery. The corpus of the analysis deals with the changes in the festival sponsor s social roles, and gives instances of tradition updating processes through the Joaba carnival and the Boi de Máscaras (Masked Bull) in São Caetano de Odivelas. The conclusions show how the community involved in the festival creates an enchanted territory, and the artist-traveler, by mediating its voice, increases its reacheng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-04-26T18:15:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Viviane Menna Barreto.pdf: 8979804 bytes, checksum: af1549162d959e159317e7485af34d73 (MD5) Previous issue date: 2005-03-31eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/13394/Viviane%20Menna%20Barreto.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentComunicaçãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semióticapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectFolk Cultureeng
dc.subjectAmazon Regioneng
dc.subjectOralityeng
dc.subjectArt.eng
dc.subjectCultura popular - Amazôniapor
dc.subjectartepor
dc.subjectfestas popularespor
dc.subjectoralidadepor
dc.subjectfestivalpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAOpor
dc.titleMapa pictográfico da cultura ribeirinha da Amazônia paraense: tradição e mídiaspor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Viviane Menna Barreto.pdf8,77 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.