???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4821
Tipo do documento: Tese
Título: Comunicação sem reservas: ensaios de malandragem e preguiça
Autor: Costa, Edil Silva
Primeiro orientador: Ferreira, Jerusa Pires
Resumo: Partindo de um corpus de contos populares do ciclo de João Pregui-çoso e de Pedro Malasartes, recolhidos no Estado da Bahia, abordam-se a força e a permanência dos temas malandragem e preguiça na cultura brasileira, acompanhando os princípios identitários que os fortalecem. Com o objetivo de contribuir para o estudo da tradição oral, descrevendo os mecanismos de produção do texto, e para uma compreensão mais ampla da cultura brasileira, o aporte teórico se constrói a partir da obra de Paul Zumthor e Jerusa Pires Ferreira e da semiótica da cultura de Iuri Lotman; com os trabalhos de antropologia cultural de Roberto DaMatta, Georges Balandier, François Laplantine, e ainda com os estudos culturais de Stuart Hall e Homi Bhabha e elementos da teoria da comunicação de Muniz Sodré e Lucrécia D Aléssio Ferrara, entre outros. A tese se compõe de três ensaios: Preguiça e malandragem: mitos e estereótipos na cultura brasileira faz uma abordagem histórica, apresentando os textos fundadores e as construções estereotipadas em relatos do período colonial, relacionando-os à literatura de utopia e ao imaginário medieval transposto para a América. Oralidade e mestiçagem discute identidades culturais e formas de identificação, a partir de processos comunicativos da literatura popular (depoimentos e contos), como expressão de rumos civilizatórios de base mestiça, enfatizando a cultura afro-brasileira. Por uma tipologia do herói malandro traça um panorama dos tipos malandros mais recorrentes, destacando e caracterizando malandros, bestas e preguiçosos, a partir dos contos populares em suas relações com outros textos de cultura, da história em quadrinhos à literatura escrita.
Abstract: This work stars from a corpus of popular stories collected in the João Preguiçoso and Pedro Malasartes´s cycle chosen in the State of Bahia. It approaches the strength and consistent themes as the cunning and laziness which persists inside Brazilian culture. These themes follow principles identities that make them stronger. Not only looking forward contributing to studies of oral tradiction, describing the mechanisms of text production, but also more widely observing the Brazilian culture. The theorical basis of this thesis was built beginning by on one side in Paul Zumthor and Jerusa Pires Ferreira´s writings, and also cultural semiotics in Iuri Lotman. On the other hand, we also read cultural anthropologists works as in Roberto DaMatta, Georges Balandier´s and François Laplantine´s. Otherwise, it was based in cultural studies in Stuart Hall and Homi Bhabha also, elements of communication theories as in Muniz Sodré and Lucrécia D Aléssio Ferrara and others. This thesis is compounded by three issues: The lazyness and the cunning: myths and stereotypes in Brazilian culture . It makes a historical approach, presenting the very beginner texts and the stereotyped built in narratives from colonial times. They were related to utopic literature and also to the medieval imaginary brought to América. In the Oral and the mestice of races , cultural identities and identification ways that comes from the communication processes of popular literature (statements and stories), as expression of civilizatory destinations originaly based on mixed process, underlining afro-brasilian culture. In For a cunning hero tipology , it tracks a panoramic view of the more common cunning types, pointing out and characterizing the cunnings, the fools and also lazy ones, all from popular stories in their relations with others cultural texts, from cartoons to written literature.
Palavras-chave: Identidade cultural
comunicação oral
tradição
malandragem
preguiça
contos populares
Cultural identities oral communication tradiction cunning laziness popular stories
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::OUTRAS LITERATURAS VERNACULAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Costa, Edil Silva. Comunicação sem reservas: ensaios de malandragem e preguiça. 2005. 236 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4821
Data de defesa: 6-Apr-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese com imagens.pdf4,33 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.