REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/4882
Tipo: Tese
Título: Forma de comunicação no corpo - novas cartas sobre a dança
Autor(es): Hercoles, Rosa Maria
Primeiro Orientador: Katz, Helena Tânia
Resumo: A forma de comunicação via carta marca momentos fundamentais na história da dança. Talvez a publicação mais conhecida nessa área seja Cartas sobre a Dança e os Balés (1759), de Jean Georges Noverre. Ele escreveu quinze cartas, escolhendo esta forma literária de texto para comunicar a questão central da dança de seu tempo, a saber, as relações entre técnica e expressividade do corpo. Esta tese parte da hipótese de que a forma de comunicação escolhida interfere no processo de comunicação que se estabelece. E apóia esta hipótese em uma compreensão de que há evolução também na cultura (Dawkins, 1979, 1998, 1999, 2001). Assim, aqui se busca sempre vincular a mídia escolhida (manuais, livros de divulgação, manifestos, periódicos, etc) à qualidade da informação veiculada. Para praticar, de fato, esta hipótese o texto aqui desenvolvido adotou também a forma de carta. Tal escolha se mostrou necessária para permitir que fosse testado o conceito evolucionista de relação de co-dependência entre corpo e ambiente. Ao empregar a forma carta, surge o modo de tratar os assuntos por elas elencados. Contrariando o senso comum desinformado, que faz proliferar os entendimentos de que a dança se transmite por tradição oral, aqui se demonstra a importância das publicações e, mais especificamente, a dos seus meios de divulgação
Abstract: The epistolary communication has left its mark of dance history. Perhaps the most known publication in this area is Letters on Dance and the Ballets (1759), written by Jean Georges Noverre. He wrote fifteen letters, choosing this literary form to communicate a central question of his time surrounding dance, that is, the relationships between technique and expressiveness. This thesis grows from the hypothesis, which states that the form of communication chosen interferes in the process that it establishes. This hypothesis is supported by the understanding that there is evolution also in culture (Dawkins, 1979, 1998, 1999, 2001). Therefore, here we always try to connect the chosen medium (manuals, publication books, manifestos, periodicals, etc) with the quality of its information. To put into practice this hypothesis, the text here elaborated also takes the missive form. This choice became necessary in permitting the testing of the evolutionist concept of co-evolution between body and environment. The missive form permitted a way to approach the discussed subjects. Contrary to misinformed common sense, which states that information about dance is handed down by oral tradition, here we see the importance of the published form and, more specifically, of its divulgations mediums.
Palavras-chave: Dança - História
Cartas
Comunicação na arte
corpo
cognição
evolução
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::DANCA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Hercoles, Rosa Maria. Forma de comunicação no corpo - novas cartas sobre a dança. 2005. 138 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4882
Data do documento: 19-Abr-2005
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Cartas da Dramaturgia.pdf1,28 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.