Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5294
Tipo do documento: Tese
Título: Espaço e poesia na comunicação em meio digital
Autor: Ferreira, Ana Paula
Primeiro orientador: Santaella, Lucia
Resumo: Esta tese investiga as possibilidades que o meio digital abre para o texto poético, assim como as consequências que os ambientes do ciberespaço podem trazer para esse tipo de trabalho. As hipóteses são: a linguagem híbrida do meio hipermidiático amplia o campo sígnico; mudanças epistemológicas operam-se na noção de texto; a animação e os recursos 3D ampliam o caráter polissêmico do texto; a incompletude do texto sugere a conclamação do leitor no processo de cocriação. A linha filosófica para a construção teórica está embasada no sistema proposto por Peter Sloterdijk na trilogia Esferas, sobretudo em Esferas III: Espumas e nas formulações de Martin Heidegger acerca da relação entre obra de arte e espaço. Trata-se de uma análise das relações fluidas estabelecidas na pós-modernidade, sobretudo no que se refere ao espaço em seus aspectos físicos e das relações. Outros dois encaminhamentos teóricos utilizados são o conceito fricções, segundo Vera Casa Nova, e teorias ligadas à constituição e estética do hipertexto, segundo Landow, Deleuze, Guattari, Lévy, dentre outros. Dentre os objetos de análise estão: Dreamlife of Letters, de Brian Kim Stefans, Amor-mundo ou a vida esse sonho triste, de Rui Torres, Nuno M. Cardoso, Jared Tarbell, Filipe Valpereiro, Nuno F. Ferreira, Luís Aly e Sérgio Bairon, O Palavrador, de Fernando Aguiar, Álvaro Andrade Garcia, Chico Marinho, Alckimar Luiz dos Santos e Tania Fraga, Community of Words, de Silvia Laurentiz e Martha Gabriel, Interpoesia, de Philadelpho Menezes e Wilton Azevedo, Poemas Encontrados de Rui Torres, Jared Tarbel e Nuno Ferreira, SOS , de Augusto de Campos, Pessoa , de Arnaldo Antunes. São trabalhos que ora exploram a linguagem do meio digital na perspectiva de releituras de textos antes publicados em suporte convencional o papel e outros intrinsecamente fundamentados nesse espaço. Percebe-se, nos objetos de análise, uma preocupação com a espacialização do texto em consonância com os fatores digitais de tal modo que surgem textos que dependem fundamentalmente do ambiente onde estão inserido para se constituir. Para a análise, serão aplicadas ideias relacionadas à semiótica de Peirce e sua adequação ao meio digital e hipermidiático, pois interessam a quebra com a leitura dicotômica de textos e o descentramento do sujeito com os quais esse autor trabalha. As estratégias de pesquisa: pesquisas bibliográficas; entrevistas com artistas e especialistas na relação arte/tecnologia; análise de experimentos que, na mídia impressa, já adiantam características da poesia digital para testar a hipótese de que a poesia digital é a realização de algo que a linguagem poética já conclamava quando publicada em outros suportes fora do hipermidiático; construção do experimento Penélope como teste de procedimentos de criação que contemplam o fazer poético, em suas espacialidades, conjugado à participação do leitor
Abstract: This thesis investigates the possibilities that the digital media opens for the poetic text, as well as the consequences that the cyberspace environments can have upon this type of work. The hypotheses are: the hybrid language of the hypermedia medium widens the signic field; epistemological changes operate in the notion of text; animation and 3D resources widen the polysemic character of the text; the text s incompleteness suggests the rallying of the reader in the process of co-creation. The philosophical reference for the theoretical construction is grounded in the system proposed by Peter Sloterdijk in the trilogy Spheres, specially in Spheres III: Foams e in the formulations of Martin Heidegger concerning the relation between artwork and space. It deals with the analyses of the fluid relations established in the post-modernity, specially referring to space in its physical aspects and the relations. Two other theoretical referrals used are the concept frictions according, Vera Casa Nova, and theories linked to the formation and aesthetics of the hypertext, according to Landow, Deleuze, Guattari, Lévy, among others. Among the objects of analyses are: Dreamlife of Letters, by Brian Kim Stefans, Amor-mundo ou a vida esse sonho triste, by Rui Torres, Nuno M. Cardoso, Jared Tarbell, Filipe Valpereiro, Nuno F. Ferreira, Luís Aly and Sérgio Bairon, O Palavrador, by Fernando Aguiar, Álvaro Andrade Garcia, Chico Marinho, Alckimar Luiz dos Santos and Tania Fraga, Community of Words, by Silvia Laurentiz and Martha Gabriel, Interpoesia, by Philadelpho Menezes and Wilton Azevedo, Poemas Encontrados by Rui Torres, Jared Tarbel and Nuno Ferreira, SOS , by Augusto de Campos, Pessoa , by Arnaldo Antunes. These are works that explore the language of the digital medium from the perspective of re-readings of texts earlier published in conventional format the paper and others intrinsically founded in this space. One may see, in the objects of analysis, a concern about the spatialization of the text in line with the digital factors in such a way that texts arise that depend fundamentally on the environment in which they are inserted to take form. For the analysis, ideas will be applied related to the semiotic of Peirce and their adequacy to the digital and hypermedia medium, for it is important the chasm with the dichotomous reading of texts and the decentralization of the subject with whom this author works. The research strategies: bibliographic research; interviews with artists and specialists in the relationship art/technology; Experiment analysis that, in the printed media, already expose characteristics of the digital poetry to test the hypothesis that digital poetry is the realization of something that the poetic language already rallied when published in other formats out of the hypermedia; construction of the Penelope experiment as a creation proceedings test that contemplate the action of poetic creation, in its spatialities, conjugated to the participation of the reader
Palavras-chave: Poesia digital
Interatividade
Hipermídia
Digital poetry
Cyberspace
Interactivity
Hypermedia
Ciberespaco
Comunicacoes digitais
Meio digital
Poesia -- Recursos de redes de computadores
Multimidia interativa
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Ferreira, Ana Paula. Espaço e poesia na comunicação em meio digital. 2010. 361 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5294
Data de defesa: 21-Mai-2010
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ana Paula Ferreira.pdf10,03 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.