???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9368
Tipo do documento: Dissertação
Título: Políticas públicas de emprego: a experiência alemã
Autor: Barbosa, Estela Capelas 
Primeiro orientador: Marques, Rosa Maria
Resumo: O presente trabalho investiga a importância das Políticas Públicas de Emprego como forma de participação estatal na Economia na Alemanha atual. Para isso são apresentadas as teorias econômicas sobre o mercado de trabalho, na tentativa de compreender o posicionamento teórico das mesmas com relação à atividade executada pelo governo daquele país. As próprias Políticas Públicas de Emprego são descritas em detalhe afim de se obter sua lógica adjacente. Devido à percepção de que tais teorias não são suficientes para compreender a lógica dessas atividades, apresentam-se alguns fatores históricos, políticos, sociais, sociológicos e ideológicos que remetem a períodos anteriores à Reunificação. Assim, discute-se a construção do Estado de Bem-Estar Social, no período pós-guerra, e sua relevância na edificação do arcabouço institucional que serve de base para as políticas. Ademais, analisa-se brevemente as influências da formação nacional alemã, bem como da República de Weimar e da ascensão do Nazismo sobre a determinação do comportamento estatal diante das políticas em questão. Por fim, apontam-se alguns desafios suscitados pela União Européia. Conclui-se que as Políticas Públicas de Emprego possuem antes uma função de coesão social na Alemanha, não produzindo necessariamente resultados pareto-eficientes
Abstract: The present work aims to investigate the importance of Labour Market Policies as a form of State interference in the Economy in Germany nowadays. For this purpose labour market economic theory is presented, in order to understand their positioning with regard to the actual activity performed by the government of such country. The Labour Market Policies themselves are described in detail to obtain its adjacent logic. Due to the perception that these theories are not sufficient to comprehend the logic of such activities, some historical, political, sociological and ideological factors from periods prior to the Reunification are presented. Therefore, the establishment of the Welfare State, in the post-war period, and its relevance to the edification of the institutional framework that provides the basis for the policies, are discussed. Furthermore, the influences of the German national formation, as well as the Weimar Republic and the emergence of Nazism, are analysed considering its impact over the government s behaviour on the policies matter. At last, some challenges brought about by the European Union are pointed out. The work concludes that the Labour Market Policies have primarily a social cohesion function in Germany, not necessarily producing pareto-efficient results
Palavras-chave: Políticas públicas de emprego
Formação nacional alemã
Public policy
Employment
Labour market
Germany
Emprego
Emprego -- Alemanha -- Politica governamental
Mercado de trabalho -- Alemanha
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Economia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política
Citação: Barbosa, Estela Capelas. Políticas públicas de emprego: a experiência alemã. 2009. 129 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9368
Data de defesa: 30-Apr-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Estela Capelas Barbosa.pdf1,12 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.