???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9374
Tipo do documento: Dissertação
Título: Economia política no Brasil: o primeiro governo Lula
Autor: Almeida, César Antônio Locatelli de 
Primeiro orientador: Borges, João Machado
Resumo: A eleição do líder maior do Partido dos Trabalhadores, Luiz Inácio Lula da Silva, para presidente do Brasil em 2002 avivou o debate sobre os rumos que deveriam tomar as políticas econômicas do país. Não obstante a história desse partido, a continuidade das políticas do governo anterior foi marcante. Esse fato não inibiu o debate entre os economistas e é esse debate que se busca aqui exibir. Essencialmente as linhas em disputa são a ortodoxa, a keynesiana, que aqui é agrupada à escola desenvolvimentista, e a socialista. Fixar um objeto de estudo, o primeiro governo Lula, e olhá-lo sob três prismas distintos, permite avaliar o objeto e, simultaneamente, o estágio do debate no espaço da economia política brasileira. Além disso, é feita, ao longo do texto, a explicitação das bases teóricas de cada uma da três correntes. Busca-se também não restringir a discussão às políticas monetária, cambial e fiscal, mas ampliá-la, passando pela discussão da Previdência Social, das políticas de assistência social e das instituições e agências reguladoras. As argumentações continuam com a legislação trabalhista, a carga tributária, a desigualdade de renda, o crescimento econômico e as políticas comercial, industrial e de investimentos
Abstract: The election of the major leader of the Brazilian Worker's Party, Luiz Inácio Lula da Silva, to be the president of Brazil in 2002 has sparked the debate over the paths the economic policies should take. Despite the history of this party, continuity was noteworthy. Such a fact has not cooled down the debate among Brazilian economists and this is the debate this work tries to show. The economic schools that take part in this dispute are classified in, essentially, the orthodox, the Keynesian, which is presented here with the Brazilian structuralism, and the socialist. As the object of study is set and seen through three distinct points of view, an assessment of the object and, at the same time, the status of the Brazilian political economy is achieved. Besides that, throughout the text the schools' theoretical foundations become explicit. The text tries not to reduce the debate to monetary, exchange rate and fiscal policies, as welfare, social assistance, institutions and regulatory agencies are also focused. The argument goes through themes as labor legislation, tax burden, income inequality, growth, as well as commercial, industrial and investment policies
Palavras-chave: Governo Lula
Economia política
Pensamento econômico
Economic policies Brazilian
Lula government
Political economy
Economic thought
Brasil -- Politica economica -- 2003
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Economia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política
Citação: Almeida, César Antônio Locatelli de. Economia política no Brasil: o primeiro governo Lula. 2009. 215 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9374
Data de defesa: 13-May-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cesar Antonio Locatelli de Almeida.pdf1,3 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.