Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9943
Tipo do documento: Dissertação
Título: A Física e os livros: uma análise do saber físico nos livros didáticos adotados para o ensino médio
Autor: Wuo, Wagner
Primeiro orientador: Saviani, Nereide
Resumo: Esta dissertação teve origem no estudo concernente às transformações e relações existentes entre um saber científico e sua versão escolar. Mais especificamente, o objetivo da pesquisa foi apreender as relações de aproximação e afastamento'entre a fisica disposta nos livros didáticos para ensino médio e o saber fisico como um legado cultural da humanidade. Inicialmente tomou-se como campo de análise os livros editados e reeditados nas últimas duas décadas. Entretanto, no desenvolvimento das investigações, esse campo foi ampliado incluindo-se obras didáticas utilizadas no ensino médio desde o início deste século. A metodologia permitiu visualizar o problema sob diversos aspectos, de modo que a pesquisa desenvolveu-se segundo uma dinâmica tríplice: um movimento no campo didático-pedagógico,um outro no próprio território da fisica e adjacências e um terceiro na base empírica constituída pelos livros didáticos. Os resultados deste estudo revelaram: a existência de quatro fases na evolução dos livros didáticos de fisica ao longo deste século; a possibilidade de se classificar as obras publicadas após 1980 em quatro grupos; uma tendência, em obras mais recentes, de apresentar não só o conteúdo teórico-conceitual da fisica, mas outros aspectos, como o histórico, o filosófico e o social, relacionados com a ciência. A pesquisa não confirmou totalmente a "transposição didática", como concebida por Yves Chevallard, exceto em uma interpretação mais relativa do termo, apoiando algumas das críticas levantadas contra essa noção. Mostrou que o saber fisico dos livros não é uma produção de âmbito escolar exclusivo, pois mantém ligações de diversas ordens com a ciência e, embora manifeste um caráter redutor e simplificador muito forte, não se trata de vulgarização do saber original. Na relação que guarda com a ciência, a fisica dos livros pode ser entendida a partir de um compósito de notas, sendo esta uma composição complexa de elementos provenientes, não só das concepções teóricas da fisica, mas, e notadamente, do contexto cultural
Abstract: The present dissertation had its origin in lhe study conceming lhe transformations and relationships between lhe scientific knowledge and its corresponding school version. More specifically, lhe aim of this research has been lhe leaming of lhe relationships that lead to be more or less elose each other, lhe physics, as expressed in lhe didactic literature for medium leveI schools (highschool), and lhe physical knowledge, this later seen as a culturallegacy trom lhe mankind. Initially, books issued or reissued over lhe last two decades were chosen as lhe field of analysis. However, this field was extended along lhe investigations, and lhe didactical works addressed to medium leveI schools published since lhe beginning of this century were ineluded. The used methodology has permitted to visualise different aspects of lhe problem, giving to lhe research a triple dynamics: lhe movement on lhe didactical-pedagogic field; lhe territory of physics and its neighbourhood; lhe empirical basis of didactic books. This study showed, as result: lhe existence of four phases in lhe evolution of didactic works on physics along this century; lhe possibility of classifying lhe works, trom lhe 80' s ahead, in falir groups; tendency, on more recent works on physics, of presenting other aspects beyond lhe elassical theoretical-conceptual contents, such as lhe historic, philosophic and social aspects associated to lhe science. The research doesn't confirm totally lhe "didactic transposition", as conceived by Yves Chevallard, except when a more general or open interpretation is taken into consideration, supporting some criticism raised against this theory. The physics in lhe books is not an exelusively school production but it has elear links with lhe science. In despite of its strong reductionism, it is not a matter of vulgar knowledge. Considering lhe links with lhe science, lhe physics in lhe books can be understood as a compositu : a complex composition of elements originated trom lhe conceptual theoretic on physics and trom lhe cultural contexto
Palavras-chave: a
a
Fisica -- Livros didaticos
Ciencia e formacao
Saber cientifico
Saber escolar
School knowledge
Scientific knowledge
Fisica -- Livros didaticos
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Citação: Wuo, Wagner. A Física e os livros: uma análise do saber físico nos livros didáticos adotados para o ensino médio. 1999. 140 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1999.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9943
Data de defesa: 30-Mar-1999
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Wagner Wuo.pdf3,91 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.