Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18796
Tipo do documento: Dissertação
Título: Aula de trabalho pedagógico coletivo: uma reflexão sobre a importância das demandas do contexto e da criticidade em sua potencialidade formativa
Autor: Correa, Adriano Borba 
Primeiro orientador: Liberali, Fernanda Coelho
Resumo: Este trabalho tem como objetivo geral compreender a configuração do processo de formação em uma escola por intermédio das interações do espaço formativo denominado “Aula de Trabalho Pedagógico Coletivo” (ATPC). Assim, tem como objetivos específicos analisar o tipo de formação apresentada nos documentos oficiais e o modo de condução de duas ATPCs de uma escola da rede pública de ensino estadual. A pesquisa foi realizada no quadro da Teoria da Atividade Sócio- Histórico-Cultural de Vygotsky (1934/2001) e Engeström (1999) e pela visão de Formação Crítica de Educadores. O conceito de Atividade proposto nesta pesquisa é o de que a atividade humana não é percebida como um sistema de atividades isoladas, mas, sim, como uma rede de relações culturais que, por meio do diálogo e da colaboração, possui uma função transformadora. A discussão teórica tem como intencionalidade tratar o processo constitutivo da formação centrada na escola na perspectiva de formação crítica proposta por Almeida e Placco (2013), Liberali (2012), e por Imbernón (2009). O estudo tem os seguintes procedimentos centrais para promover a análise dos dados: análise dos componentes da atividade ATPC nos documentos oficiais e nas reuniões gravadas, considerando o conteúdo dos documentos e das reuniões de ATPC, assim como a proposta de organização e a forma de condução das reuniões pedagógicas. Os resultados apontam que os documentos oficiais oferecem uma proposta de formação que se aproxima de uma perspectiva crítica. No entanto, a prática vivida nas escolas assume uma postura mais prescritiva e técnica em resposta às demandas por resultados de aprendizagem advindos das exigências impostas às escolas pelos mesmos que prescrevem uma formação crítica. Esta pesquisa oferece uma contribuição para fomentar uma reflexão sobre o espaço-tempo ATPC com vistas a romper com o processo reprodutivo do sistema e possibilitar a construção de propostas com o intuito de tornar esse espaço mais crítico, reflexivo e colaborativo, centralizando a formação no contexto e nas demandas da própria escola e de seus partícipes
Abstract: This research aims at understanding the professional education process configuration in a school through the interactions in the professional education space called “Pedagogical Group Work Class”. Therefore, it has as specific objectives to analyze the type of professional education presented in the official documents and the work conducted by two “Pedagogical Group Work Classes” in a public State School. The research was done using the Socio-Historical-Cultural Activity Theory developed by Vygotsky (1934/2001) and Engeström (1999) and the educators critical professional education perspective. The concept of the Activity proposed in this research is that the human activity is not seen as isolated activity systems, but as a cultural relations web that through its dialogue and collaboration has a changing function. The theoretical discussion has the intention to treat the constitutive process of professional education centered in the school, according to the critical professional education proposed by Almeida and Placco (2013), Liberali (2012), and Imbernón (2009). The study has the following procedures to organize data analysis: the “Pedagogical Group Work Classes” activity analysis in the official documents and in the recorded meetings, considering the contents of the documents and of the “Pedagogical Group Work Classes” meetings, as well as the organization proposal and the way the pedagogical meetings are conducted. The results show that the official documents offer a professional education proposal that gets close to a critical perspective. But the practice that takes place in the schools has a prescriptive and technical approach due to the demands for learning results that are imposed to the schools by those who prescribe a critical professional education. This research offers a contribution to stimulate the reflection about the “Pedagogical Group Work Class” in order to break the reproductive process system and provide the construction of proposals which main objective is to make the space more critical, reflexive and collaborative, focusing on the profession education based on the contexts and demands of the school and its collabo
Palavras-chave: Aula de trabalho pedagógico coletivo
Formação de professores
Desenvolvimento profissional docente
Pedagogical group work class
Teacher professional education
Teacher professional development
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores
Citação: Correa, Adriano Borba. Aula de trabalho pedagógico coletivo: uma reflexão sobre a importância das demandas do contexto e da criticidade em sua potencialidade formativa. 2016. 96 f. Dissertação (Mestrado em Educação: Formação de Formadores) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18796
Data de defesa: 14-Mar-2016
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Adriano Borba Correa.pdf1,77 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.